Motivação extra para uma vida saudável

Educador físico e personal trainer, Bruno Oliveira, traz dicas que podem ajudam tanto aos iniciantes, quanto aqueles que já amam o esporte, mas precisam de um “empurrãozinho"

- GABRIEL BUOSI - Da Redação

Data 15/03/2020
Horário 08:30
Fotos: Isadora Crivelli  |   Maria Carolina não dispensa um estilo de vida saudável e uma rotina de atividades físicas Foto: Fotos: Isadora Crivelli | Maria Carolina não dispensa um estilo de vida saudável e uma rotina de atividades físicas

Você já se pegou pensando em começar uma atividade física, desde uma caminhada no Parque do Povo ou até mesmo seguir o foco em alguma modalidade de esporte? Se sim, certamente, em algum momento, se deparou também com aquela necessidade de um “empurrãozinho” para que os planos não desçam por água abaixo. Pensando nisso, o educador físico e personal trainer, Bruno Oliveira, traz dicas que podem ajudam tanto os iniciantes, quanto aqueles que já amam o esporte, mas precisam da motivação extra.

Para o profissional, o pontapé inicial pode ser com uma simples conversa com as pessoas que estão ao seu redor, pois mostrar para amigos, familiares e parceiros a vontade de mudança, é mais do que fundamental para que eles ajudem na motivação. “Além disso, costumo indicar que as pessoas procurem alguém para treinar com elas, caso não tenham condições de pagar por um profissional”. A companhia, segundo Bruno, faz com que o tempo passe mais rápido e a atividade se torne ainda mais prazerosa.

Com motivação e um bom amigo ao seu lado, é hora de escolher uma atividade física – indispensável para a vida de qualquer ser humano. Bruno ressalta que é preciso começar aos poucos, com uma caminhada no Parque do Povo, por exemplo, que podem vir acompanhada de uma modalidade, que são as mais variadas possíveis, como o vôlei, basquete, corrida ou até mesmo a musculação. “Buscar profissionais qualificados, neste momento, podem potencializar os resultados, como a ajuda de um nutricionista, fisioterapeuta e demais profissionais da área da saúde”.

Ele deixa um alerta para que as pessoas não cometam erros neste momento de busca pelo estilo de vida saudável. Isso porque, conforme o educador físico, na busca por resultados imediatos, muitas são as pessoas que treinam demais e se alimentam de menos, o que coloca em risco a saúde. “É preciso alinhar o descanso, o treino e a alimentação para que os resultados sejam alcançados”.

 

SINÔNIMO DE SAÚDE,

HUMOR E BEM-ESTAR

A estudante de Educação Física de 21 anos, Maria Carolina Castanho, hoje, faz questão de não deixar de lado o estilo de vida saudável. Na academia praticamente todos os dias, ela concilia a musculação com uma caminhada ou uma corrida aos fins de semana, além de, periodicamente, fazer também a eletroestimulação muscular. O que hoje é para ela já se tornou uma rotina, prazerosa, diga-se de passagem, é também sinônimo de saúde, melhora no humor e disposição.

O início das atividades foi quando ela tinha 17 anos e percebeu que havia “ganhado alguns quilos”. Ao iniciar a caminhada por conta própria, e melhorar a alimentação, viu que em determinado momento já não conseguia mais evoluir. “Foi quando procurei uma nutricionista e comecei a pegar gosto pelas atividades físicas”. Desde então, diversas foram as experiências além da musculação, como o street dance, o balé e o sapateado. No começo foi difícil, mas tentei criar uma rotina e é o que eu acho que funciona”.

Para ela, alguns são os fatores que ajudam na hora da motivação, como ter profissionais bons ao lado, e neste momento ela menciona Bruno, que é o responsável por montar o treino dela dia a dia e identificar o momento certo de trocar as variações. Quando eu começo a cansar, mudo de treino e isso me motiva a continuar, por ser algo novo”. Planejar a dieta com antecedência, também é para ela um fator primordial para que os resultados sejam alcançados.

Veja também