Mulher é morta a pauladas em Panorama; marido está foragido

Vítima chegou a ser socorrida com vida ao pronto-socorro, mas não resistiu aos ferimentos; ela tinha machucados na cabeça

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Data 18/05/2020
Horário 08:16
Polícia Civil - Delegacia abriu inquérito para investigar o crime Foto: Polícia Civil - Delegacia abriu inquérito para investigar o crime

Uma mulher de 32 anos foi morta a pauladas na noite de domingo em Panorama. O suspeito de ter cometido o crime é o marido da vítima, que está foragido.

De acordo com a Polícia Civil, a agressão ocorreu após uma discussão entre o casal. Durante a briga, uma mulher que passava ao redor viu o momento em que o homem agredia a companheira com um pedaço de pau. A testemunha chegou a gritar com o autor, que largou a arma e fugiu.

Depois de levar os golpes, a mulher foi deixada no terreno baldio na Rua Antonio Teixeira Lima, bairro Marrecas. Ela ainda estava com vida quando foi socorrida pela ambulância ao pronto-socorro da santa casa de Panorama. Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu.

De acordo com a Polícia Militar, ela estava com ferimentos graves na cabeça e na face.

A Polícia Civil abriu inquérito para investigar o crime. A natureza da discussão ainda é desconhecida. O pedaço de pau utilizado para agredir a mulher foi encontrado na cena do crime e apreendido. Trata-se de um cabo de machado, de aproximadamente 60 cm. Segundo a Polícia Civil, a arma será periciada pelo IC (Instituto de Criminalística).

Os dados coletados serão confrontados com os ferimentos da vítima, após laudo do IML (Instituto Médico Legal).

HISTÓRICO DE

AGRESSÃO

De acordo com a Polícia Civil, o acusado é egresso do sistema prisional. Contra ela há registros anteriores de violência doméstica envolvendo a esposa. Segundo declarações da testemunha, uma mulher de 35 anos, o autor das agressões seria o marido da vítima.

Após o crime ele fugiu e, até o momento, é considerado foragido. Desde a noite de domingo, a polícia faz buscas para localizar o acusado.

Polícia Civil - Arma utilizada no crime tem aproximadamente 60 cm de comprimento

Veja também