Publicidade
eixosp

Obras do Hub-018 seguem dentro do cronograma

Mesmo com a pandemia, a Spalla Engenharia segue o cronograma e pretende finalizar os trabalhos em dezembro; expectativa é tornar o local um Parque Tecnológico

PRUDENTE - MARCO VINICIUS ROPELLI

Data 20/05/2020
Horário 06:29
Secom - Bugalho e secretários visitaram a obra do Polo Digital na Avenida Salim Farah Maluf Foto: Secom - Bugalho e secretários visitaram a obra do Polo Digital na Avenida Salim Farah Maluf

As obras do Polo Digital “Hub-018” seguem com o mesmo calendário, com previsão de entrega do prédio pronto em dezembro, como afirma o secretário de Tecnologia da Informação de Presidente Prudente, Rogério Marcus Alessi, e como confirma o mestre de obras da empresa Spalla Engenharia, Antônio Caetano.

“É possível que a empresa tenha algumas dificuldades logísticas ou com mão de obra, visto que as coisas estão fora da normalidade. Mas a licitação tem seu prazo, até para o pagamento mensal baseado nas etapas da construção e por enquanto nada foi alterado”, explica Alessi. Segundo a Secom (Secretaria Municipal de Comunicação), “no local, os maquinários concluem os blocos da fundação, que serão concretados ainda nesta semana, e inicia as vigas e baldrames”. A expectativa é que dentro de um mês já sejam erguidas as paredes, que darão os contornos ao polo digital.

As obras, inclusive, foram acompanhadas de perto na segunda-feira pelo prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB), pelo secretário municipal de Tecnologia e pelo titular da pasta municipal de Obras e Serviços Públicos, Rodnei Rena. De acordo com o autor do projeto, o arquiteto Maurício Fernandes, da Seplan (Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Urbano), o empreendimento conta com estrutura de 2.830 metros quadrados, divididos em dois pisos, com acessibilidade, elevador, design moderno e cobertura feita em estrutura metálica.

Apesar do cronograma em dia, Alessi reconhece os dificultadores que a pandemia representa não só na edificação do Polo Digital, mas na divulgação do local. “Seguimos mapeando o ecossistema de empresas de negócios e tecnologia. Em julho, começaremos uma divulgação mais forte e, provavelmente entre agosto e setembro, abriremos um edital para que as empresas se inscrevam. Queremos inaugurar o Hub com negócios habilitados para estarem lá”, ressalta.

Conforme o secretário, prioritariamente, as empresas que estarão na primeira “leva” a ocupar os espaços do Polo Digital são as da área de tecnologia e inovação, apesar de que todos os setores ligados ao business (negócios) são bem-vindos.

Alessi destaca que muitas empresas que cresceram além do que suporta os espaços da Fundação Inova Prudente e aquelas que sequer conseguiram um espaço no local devido às dimensões ofertadas são o primeiro grupo a demonstrar interesse em se instalar no novo local. “O Hub tem espaço para empresas com até 10 pessoas”, pontua.

A EXEMPLO DO

VALE DO SILÍCIO

“Imagine uma empresa que pretenda criar um aplicativo de celular. Precisa de um designer, um publicitário, um mentor de administração e economia. No Hub todos se encontram, potencializa-se o network [rede de contatos]”, exemplifica Alessi.

Ele ressalta também a intenção de tornar o Polo Digital um Parque Tecnológico. Enquanto o Inova é uma fábrica de startups, o Hub desempenha função de distrito industrial dos negócios – permite que as empresas cresçam e alcem voos solos. O Parque Tecnológico, como próximo passo, representa a união da indústria da inovação com as pesquisas acadêmicas, possibilidade para a qual Prudente “abre as portas” ao permitir que universitários participem do coworking (compartilhamento do espaço e recursos).

“É como surgiu o Vale do Silício [região da Califórnia (EUA) onde estão instaladas as maiores empresas de tecnologia do mundo], tudo que era produzido na academia [universidades], começou a se tornar negócios”, completa Alessi.

SAIBA MAIS

A construção do Polo Digital está localizada na Avenida Salim Farah Maluf, 1.129. O térreo abrigará setores administrativos, coworking acadêmico e profissional, praça de alimentação, local de descanso, incluindo um auditório. Já no piso superior conta com 25 salas voltadas ao empreendedor e às pequenas empresas, além de ambiente de reunião de uso compartilhado. No local serão instalados os setores de web da Setec (Secretaria Municipal de Tecnologia da Informação), haverá ainda espaço para a Sedepp (Secretaria de Municipal de Desenvolvimento Econômico) instalar a central de vagas do Balcão de Empregos e a sala do empreendedor.

Veja também