Para proporcionar descontração, pintura em seda aproxima avós e netos no Sesc Thermas de PP

Variedades

| THIAGO MORELLO - Da Reportagem Local

Traços finos, muita atenção e cooperação familiar. Na tarde de ontem, o Sesc Thermas de Presidente Prudente iniciou o curso Pintando Seda neste cenário, que veio com o objetivo de fortalecer os laços familiares entre avós e netos. Divido por etapas, a primeira delas foi o desenho, efetuadas pelos participantes, que se juntaram no Quiosque para dar o pontapé, a fim de chegar ao resultado final, amanhã. O curso faz parte do TSI (Trabalho Social com Idosos) da unidade, que oferece atividades artísticas, físicas e sociais, com o intuito de refletir sobre o envelhecimento.

E assim foi feito, com flores, animais, sol, enfim, desenhos que remetem ao público infantil, área escolhida como temática. Segundo o arte-educador Bobby Junior, que veio direto da capital paulista para lecionar o curso, a intenção de cada desenho proposto, puxando o tema para o lado das crianças, foi com a necessidade de promover a dependência da ajuda, no caso, das avós. “Apesar de infantil, os desenhos possuem suas dificuldades, e isso faz com que haja aquela percepção de precisar ajuda. É nesse momento em que rola a interação, o contato entre as duas partes”, completa.

Por falar em duas, dentre os participantes inscritos, eles foram divididos em duas turmas, sendo uma na parte da manhã e outro na parte da tarde. No primeiro dia, Bobby conta que eles iniciaram a primeira etapa de três, que é a identificação do desenho. Hoje, “a segunda parte trata-se da pintura e, por fim”, amanhã, “eles fazem a vaporização, que seria a secagem das telas. Esse processo final, na verdade, é o mais difícil de fazer”, argumenta o arte-educador.

Mas nem a dificuldade impediu que as inscrições fossem feitas. A dedicação, preparo e atenção total foram tantos, que nem durante a observação eles quiseram falar com a reportagem, com medo de errar. Para quem está aplicando o conteúdo, isso prova que parte do objetivo foi garantida. “A arte tem disso, né, de promover essa cultura, aproximação entre os membros familiares. Também é válido ressaltar, que nessa ação, eles têm a oportunidade de exercitar a acessibilidade e coordenação motora, aplicada pela pintura em um tecido tão nobre”, conclui.

 

Se aventurar em casa é permitido e até mesmo indicado. Apesar de a seda ser um tecido nobre, como dito por Bobby, ele mesmo lembra que qualquer um pode continuar a fazer

 

Em casa

Se aventurar em casa é permitido e até mesmo indicado. Apesar de a seda ser um tecido nobre, como dito por Bobby, ele mesmo lembra que qualquer um pode continuar a fazer, até mesmo em casa. “A maior dificuldade será em adquirir os objetos. No entanto, o próprio manuseio não, pois é fácil, é uma atividade bacana e que todos podem praticar”, declara. Basta usar a criatividade e imaginação, detalhes que, durante o acompanhamento da reportagem, foram percebidos em destaque.

  

Acompanhe!

A participação no curso não é mais possível, uma vez que as turmas já foram iniciadas e a primeira etapa cumprida. Entre hoje e amanhã, as próximas fases serão realizadas e a finalização é feita. Contudo, o arte-educador garante que quem quiser acompanhar o trabalho dos demais, tirar dúvidas e prestigiar o curso, “será recebido com o maior prazer”.

 

Serviço

O Sesc Thermas de Prudente fica localizado na Rua Alberto Peters, 111, no Jardim das Rosas. As turmas começam às 10h30, no período da manhã, e na parte da tarde, às 15h.

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste