Sabesp instalará usinas solares em estações de tratamento de esgoto

No total, serão 34 usinas e a geração de 67 megawatts de potência instalada nas áreas operacionais disponíveis da companhia

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 31/05/2020
Horário 17:59
Divulgação/Sabesp - Estação em Mogi Mirim foi a primeira a adotar a produção de energia solar Foto: Divulgação/Sabesp - Estação em Mogi Mirim foi a primeira a adotar a produção de energia solar

A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) identificou a oportunidade de promover o aproveitamento energético disponível em suas instalações de maneira inovadora, limpa e renovável com a instalação de Usinas Solares Fotovoltaicas.

No total, serão 34 usinas e a geração de 67 megawatts de potência instalada nas áreas operacionais disponíveis da Sabesp – na maioria, Estações de Tratamento de Esgotos, do tipo Lagoa de Estabilização, que possuem terrenos ociosos. O total corresponde a 4,5% de toda a energia consumida na companhia ou o consumo de 65.200 residências.

Os equipamentos são produtores de energia de fonte limpa e sustentável de eletricidade, sem emissão de gases de efeito estufa e com baixo impacto ambiental, contribuindo para ampliação da produção de energia renovável e diversificação da matriz energética da Sabesp.

A expectativa é iniciar a produção de energia já no segundo semestre de 2020.

A Estação de Tratamento de Esgoto de Mogi Mirim foi a primeira instalação de saneamento no país a adotar a produção de energia solar em parceria com a Sabesp e a Sesamm (Serviços de Saneamento de Mogi Mirim).

Publicidade
eixosp

Veja também