Somente união de esforços pode garantir o controle de doenças

  • 12/09/2019 00:13

Já há algum tempo, este diário vem alertando sobre os problemas que afetam a população devido à falta de vacinação. Um exemplo atual é o surto de sarampo vivido por Presidente Prudente, município que há pelo menos 20 anos não lidava com a doença. Fato é que este cenário poderia ter sido evitado, caso as pessoas se imunizassem. É inadmissível que pais e responsáveis não levem seus filhos aos postos de saúde para receber as doses previstas no calendário de vacinação. Eles dependem da “boa vontade” dos adultos para que sua saúde seja preservada.

Mas, e quando os estoques de vacinas não conseguem atender a demanda? Frequentemente, os órgãos de saúde alertam para que a população mantenha sua carteira de vacinação em dia. Promove campanhas, ações, adota políticas públicas para atingir o maior número de pessoas. É um contrassenso. Nesta semana, O Imparcial mostrou que em várias cidades da região os estoques estão baixos ou, simplesmente, não há doses para aplicar na população. São vacinas extremamente importantes, como a BCG, que deve ser ministrada nos recém-nascidos contra a tuberculose, e a pentavalente – que protege contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e hemófilo B.

No caso da penta, por conta de um problema nos lotes recebidos pelo Ministério da Saúde, sua distribuição aos Estados, e, consequentemente, aos municípios, foi inviabilizada. O preocupante é que, segundo a pasta, a normalização deve ocorrer somente em 2020. Municípios que enfrentavam a escassez das doses esperavam que o envio se normalizasse ainda nesta semana. Espera-se que isso, de fato, ocorra. Os bebês não podem ficar à mercê deste tipo de situação. É preciso que exista um “plano B” para que os estoques de vacinas sejam sempre supridos.

O controle das doenças depende de uma união de esforços. É preciso que cada qual faça a sua parte: que o poder público disponibilize as doses à população, e que esta, por sua vez, mantenha sua carteira de vacinação sempre atualizada.

ÚLTIMAS DO AUTOR