A Vaca (Millôr Fernandes, homenagem ao grande humorista)

Sandro Villar

O Espadachim, um cronista a favor da couve e do cover

CRÔNICA - Sandro Villar

Data 23/12/2021
Horário 05:30

A vaca é um bicho de quatro patas que dá carne de vaca.
Tem um rabo pra espantar as moscas e uma cara muito séria de quem está fazendo sempre essa coisa 
importante que é o leite.
O marido da vaca é intitulado boi.
A vaca tem dois estômagos e por isso fica sempre com a comida indo e vindo na boca que, quando a gente faz, a mamãe diz que porcaria!
Já vi ordenhar vaca, que é quando ela faz aquela cara fingindo que não está gostando nada.
Vaca dizem que já custa muito cara viva, agora no açougue custa muito mais e em bife então nem se fala.
A professora ensina que ela dá leite, mas nas horas de tirar é que a gente vê que ela dá, mas custa.
Vaca só se alimenta de grama e daí eu não sei porque o leite não é verde.
Se a gente fica perto ela fica olhando com olhar de que a gente fez alguma coisa com ela e ela está muito magoada.
Eu acho que todas as vacas vieram dos Estados Unidos porque ainda não perderam o jeitão de quem masca chiclete.

P.S.: (1) Na crônica, Millôr lembra o preço alto da carne de vaca, que pode ser de boi, no açougue. O preço continua alto nestes tempos medonhos. Custa os olhos da cara e deixa o freguês cego de raiva.

P.S. (2): Herodes está no Brasil e parece que quer impedir a vacinação das crianças. E a Itapemirim? Brinca de aviação talvez porque seja "mirim". Parece que os passageiros não se dão bem com ônibus e aviões amarelos. Veja o caso de Prudente. E não é que o Lula tornou-se  alckmista? 

DROPS DO MILLÕR

Gozado é galope de vaca.

Se você não consegue realizar seus sonhos realize os seus pesadelos.

O passado não passa.

O dinheiro não é tudo. Tudo é a falta de dinheiro.

W Mecânica, a oficina do Wladimir.
Nacionais e importados. Rua Arthur Vila Real, 485. Vila Formosa.
322-1353.
 

Veja também