Dupla é presa após assaltar mulher em ponto de ônibus, em Presidente Prudente

Antes do crime, indivíduos tentaram roubar celulares e dinheiro de um casal na Avenida Manoel Goulart 

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 12/04/2021
Horário 11:40
Foto: Arquivo/Roberto Kawasaki
Os fatos seguem sob apuração da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais)
Os fatos seguem sob apuração da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais)

Dois homens foram presos em flagrante por roubo e tentativa de roubo em Presidente Prudente. Os crimes ocorreram na noite de ontem, num intervalo de pouco tempo de diferença, na Avenida Manoel Goulart, trecho da Vila Santa Helena. Os presos têm 19 e 36 anos.

Naquela noite, policiais militares estavam em um posto de combustíveis, quando um casal chegou em uma motocicleta e informou que haviam sido vítimas de tentativa de roubo próximo a uma concessionária de veículos.

De acordo com o boletim de ocorrência, eles disseram que dois criminosos tentaram levar dinheiro e os celulares, mas que não conseguiram. Então, seguiram para um ponto de ônibus onde havia algumas mulheres, onde concretizaram o crime.  

Com base nas características dos acusados, os militares iniciaram as buscas por suspeitos e encontraram um deles na Avenida Manoel Goulart. O homem foi revistado, mas nada de ilícito foi encontrado. Porém, ele foi reconhecido pelo casal como um dos autores.

Enquanto a ocorrência seguia em andamento, o Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) foi comunicado sobre um roubo ocorrido em um ponto de ônibus - que seria o mesmo já informado pelo casal anteriormente. No local, a vítima disse que teve o celular levado e que o ladrão fugiu para dentro de uma mata no Jardim Monte Alto.

Diante disso, foi feito um cerco ao redor da área, que resultou na prisão. O rapaz tem o mesmo nome do comparsa indicado pelo primeiro preso, o que confirmava a suspeita de que pudesse estar envolvido no crime.

Conforme a Polícia Militar, com ele também não havia nada de ilegal, mas acredita que o celular roubado pode ter sido jogado na mata onde ele estava escondido.

Vítimas reconhecem autores

Os dois homens foram reconhecidos pelas vítimas. No entanto, ambos negaram envolvimento no roubo e na tentativa de roubo. Eles receberam voz de prisão em flagrante e foram levados à Delegacia de Polícia Civil, onde um dos acusados decidiu permanecer em silêncio. 

“As vítimas foram ouvidas e relataram os momentos de pânico pelos quais passaram”, afirma a Polícia Civil. “Elas também reconheceram os autores, sem sombra de dúvida”.

Devido ao flagrante, os homens permaneceram presos, no aguardo da audiência de custódia. Os fatos seguem sob apuração da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais).

Veja também