Sul-Americano: Maria Victória é uma das convocadas da seleção brasileira

Recuperada da Covid, atleta aproveitou parada do voo para dar entrevista ao O Imparcial; falou sobre a competição em Guayaquil e o objetivo de integrar as Olimpíadas

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 28/05/2021
Horário 07:30
Foto: Wagner Carmo
Delegação brasileira de atletismo antes do embarque no Aeroporto de Viracopos
Delegação brasileira de atletismo antes do embarque no Aeroporto de Viracopos

Antes do avião em que estava com a delegação brasileira decolar, a menina - que é um dos orgulhos de Presidente Prudente -, Maria Victória Belo de Sena, 20 anos, (4x400 m), graças a Deus já bem recuperada da Covid-19, não deixou a reportagem na mão e garantiu que na primeira oportunidade atenderia de alguma maneira. Numa parada em Manaus (AM), ela falou sobre sua convocação para a 52ª edição do Campeonato Sul-Americano adulto, que será realizado entre amanhã e segunda-feira em Guayaquil, no Equador.
“Esse campeonato é muito importante, pois nos dá mais uma oportunidade de tentar melhorar nossos resultados. Eu espero poder melhorar minha posição no ranking e possamos conquistar uma medalha no revezamento 4x400 feminino. Estou fazendo uma preparação um pouco mais específica, graças a Deus já estou me recuperando bem da Covid e já voltei aos treinamentos normais visando essa competição”, expõe Maria Victória, acrescentando que nesses dois anos de pandemia um pouco diferente, as adaptações também foram necessárias na preparação para melhorar seu resultado esse ano, visando o objetivo de integrar as Olimpíadas de Tóquio.
A CBAt (Confederação Brasileira de Atletismo) convocou 79 atletas (39 homens e 40 mulheres) para representar o Brasil no Sul-Americano, na segunda-feira.

Treinador já é um pouco pai...

Se o coração de um treinador já bate mais acelerado, feliz quando um atleta seu ganha uma medalha, um troféu, um torneio, é convocado para a equipe “canarinho verde e amarelo”. Imagina então quando este, além deste papel, ainda exerce o mais importante na vida de um jovem: o de pai! Pois é, Inaldo Sena é pai e treinador de Maria Victória e, para ele, a notícia da convocação da filha é a continuidade de um trabalho realizado na base do atletismo prudentino, tomando forma internacional, buscando se manter na seleção brasileira no ciclo olímpico. “Fico muito feliz!”, exclama.
Sobre a pandemia, Inaldo diz que se trata de um desafio em todo universo. “Buscamos acreditar que Deus está com todos nós e com fé tudo isso vai passar. Precisamos ter esperança de dias melhores. Muita gente se foi, sequelas estão em várias pessoas que tiveram Covid, agradeço a Deus pela minha família e atletas que tiveram, mas estão bem”, agradece o treinador e pai da atleta prudentina.

Divulgação

Maria Victória, um dos orgulhos que Presidente Prudente tem no esporte

Veja também