18º BPM/I celebra 53 anos de atuação na região

Batalhão foi responsável pelo atendimento de 37.657 ocorrências e confecção de 14.080 boletins de ocorrências eletrônicos

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 16/03/2019
Horário 04:29
Polícia Militar - Para comemorar, corporação desenvolveu o 3º Torneio de Táticas e Técnicas Policiais
Polícia Militar - Para comemorar, corporação desenvolveu o 3º Torneio de Táticas e Técnicas Policiais

O 18º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior) completa 53 anos de instalação e atendimentos na região de Presidente Prudente. Após uma trajetória marcada por diversas adequações, atualmente o batalhão conta com o efetivo fixado em 696 policiais militares, sendo 563 existentes, que são responsáveis pelo policiamento ostensivo repressivo em uma área aproximada de 9.564,7 km², em 21 municípios da região. Para comemorar a data festiva, na quinta-feira a corporação desenvolveu o 3º Torneio de Táticas e Técnicas Policiais, na sede do CPI-8 (Comando de Polícia do Interior-Oito), em Prudente.

O encontro contou com a participação de autoridades e representantes das seis companhias que compreendem o batalhão, sendo três delas no município, o que inclui a Força Tática, e outras de Martinópolis, Pirapozinho e Álvares Machado. Houve interação entre os participantes, atividade dividida em duas modalidades: Radiopatrulhamento e Força Tática. De acordo com a corporação, o objetivo foi proporcionar aos militares variados desafios profissionais, por meio de exposição às situações cotidianas das atividades que norteiam o trabalho no dia a dia.

Diante da desenvoltura dos policiais em agir nas simulações expostas, a atividade também avaliou a adequação das táticas e técnicas policiais empregadas nas soluções das questões operacionais, bem como a troca de experiências entre o efetivo. Ao final das atividades, foram premiadas as equipes vencedoras com troféus e medalhas, além de cortesias para momentos em lazer com os familiares.

Trajetória de mudanças

Os mais jovens podem não se recordar, mas a trajetória da Polícia Militar do Estado de São Paulo na região foi marcada por desafios e mudanças no decorrer da atuação dos agentes. Tudo começou em 31 de agosto de 1944, quando foi criada a 3ª Companhia Independente, sediada em Prudente. Devido o crescimento das cidades e da demanda na segurança pública, o governo estadual sancionou em dezembro de 1965, uma lei que criou novas unidades policiais da Força Pública. Além disso, fixou o efetivo em 32 mil homens, quando houve o surgimento do 18º Batalhão de Polícia.

Já no ano seguinte, mais precisamente no dia 14 de março de 1966, ocorreu a cerimônia de encerramento das atividades da 3ª Companhia Independente, e implantação do novo batalhão com efetivo fixado em 737 militares. Na época, ainda foi nomeado o primeiro comandante, tenente-coronel PM Vicente de Falco, e subcomandante interino, capitão PM Décio de Souza Teixeira.

Resultados alcançados

Desde então, o efetivo militar tem alcançado resultados satisfatórios, o que tem contribuído para a diminuição dos índices criminais na região, como já noticiado por este diário. No ano passado, o batalhão foi responsável pelo atendimento de 37.657 ocorrências e confecção de 14.080 boletins de ocorrências eletrônicos. Ainda foram presas em flagrante delito o total de 893 pessoas, e outras 443 por mandados de prisões.

O número de diligências também resultou na apreensão de 84 armas de fogo e mais de 650 kg de drogas. Conforme a corporação, o trabalho contribui para que a região continue a ser considerada “a mais segura do Estado”.

Veja também