24 romeiros de Bernardes caminham 36 km até Santo Expedito

Turismo Religioso - JOSÉ COSTA

Data 15/09/2020
Horário 09:00
Cedida - Parte do grupo Amigos da Fé de Presidente Bernardes
Cedida - Parte do grupo Amigos da Fé de Presidente Bernardes

No domingo, dia 6 de setembro, 24 romeiros de Presidente Bernardess caminharam 36 quilômetros daquela cidade, até o Santuário de Santo Expedito, quando cada um tinha dentro de si, o compromisso de pagar promessas por graças alcançadas. Para esta caminhada dos Amigos da Fé, coordenada pelo casal Wellington Carlo e Katia Gomes Silva, a assistente social Carla Serraglio Cipriano tinha vontade de participar e, ao receber o convite, “senti que Deus sussurrou em meu ouvido e sem consultar meu esposo Fernando Cipriano já fui me aceitando e incluindo-nos”.

Justificativas

Carla alegou que “sempre tive vontade e desejo de fazer essa peregrinação, pois me emocionava quando ia para Santo Expedito e encontrava com peregrinos na estrada. Era de admirar e realmente sentir a fé daquelas pessoas, porém, tinha medo e um bloqueio de achar que não conseguiria chegar devido às minhas quatro hérnias de disco e nódulo hemangioma na coluna.” Com todo sacrifício ela conseguiu e admite que tudo valeu a pena. Ela também foi agradecer pela cura do câncer de seu pai Tuca Serraglio.
Dentre os participantes do grupo de Presidente Bernardes, uma deficiente visual também fez todo o percurso, na romaria dos Amigos da Fé, que já se prepara para a próxima, em 2021.

Recepção

Padre Umberto Laércio Bastos de Souza faz questão de receber pessoalmente todos os grupos de romeiros e turistas que chegam a Santo Expedito. Ele admite que a recepção pessoal é uma forma de agradecer, recompensar e valorizar a fé dos fiéis que procuram demonstrar  muitas vezes com sacrifícios pessoais, a sua devoção a Santo Expedito que intercede junto ao Pai para que se alcancem graças espirituais.

Lembranças

Anexo a Secretaria Paroquial funciona uma loja onde qualquer pessoa pode ter acesso a lembranças do santo, como da mesma forma, algumas peças e objetos religiosos. Quando peças maiores, como imagens ou objetos de piedade, caso o padre Umberto esteja atendendo naquele local, com a maior dedicação ele faz a bênção do que foi adquirido. A receita da comercialização dos materiais é destinada para os serviços sociais do santuário.

Curiosidade do santo / devoção

As primeiras informações de devoção a Santo Expedito datam do século 8 na região da Germânia (atual Alemanha) e da Sicília, mas o crescimento aconteceu no século 17, na França, Alemanha, Itália e Bélgica. Atualmente existem igrejas de Santo Expedito em todo o mundo, inclusive no Brasil, onde ganhou maior popularidade a partir dos anos 1980. Está na região de Presidente Prudente e no município de Santo Expedito o único santuário dedicado a ele.

Mudança de data

Tudo estava preparado, pelo menos nas ansiedades dos integrantes das comissões ou mesmo de muitos fiéis, para a colocação da cúpula e do coruchéu nas obras do Santuário de Santo Expedito. No entanto, pela pandemia, nem todos os materiais chegaram para que as peças fossem içadas e afixadas. Por esta razão, segundo o padre Umberto, a data para esses serviços foi adiada para 19 de outubro.

Justificativas

Como se tratam de peças já montadas no chão e de muito peso, sendo que a cúpula pesa 25 toneladas e o coruchéu cinco, um possante guindaste estará realizando esses serviços e não se pode faltar nenhuma peça complementar, por pequena que seja, para a conclusão dos trabalhos.
Já o acompanhamento dessa operação poderá ser feita por fiéis, mas com um espaço que deverá ser delimitado pelos responsáveis pela empresa, tudo por total segurança.

Missa

Para o próximo dia 19, haverá uma missa em intenção a Santo Expedito às 19h. Já quando das colocações da cúpula e do coruchéu, no dia 19 de outubro, serão duas missas, uma às 15h e outra às 19h30.


 

Veja também