3 bairros de Prudente recebem a alegria da Mostra Galpão da Lua

Atrações vêm da PB, SC e SP, para levar arte de rua aos moradores das vilas Geni e Operária e o João Domingos; programação segue até 21 de novembro

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 30/10/2021
Horário 07:09
Foto: João Gabriel
Cirquinho do Revirado vem para a mostra com uma peça adaptada da Chapeuzinho Vermelho
Cirquinho do Revirado vem para a mostra com uma peça adaptada da Chapeuzinho Vermelho

Chegou mais um fim de semana e, com ele, mais uma Mostra Galpão da Lua, neste sábado e domingo, em sua terceira semana com muita arte de rua tomando conta dos bairros de Presidente Prudente. As atrações que vão inundar de alegria a Vila Geni, Vila Operária e o Conjunto Habitacional João Domingos Netto são: o Cirquinho do Revirado, que vem de Criciúma (SC); a Cia. Trupeçando, lá da Paraíba, da cidade de Sumé; e o Bando Golíardis, de São Paulo (SP). A programação da mostra segue até o dia 21 de novembro.
Como sempre, o carro da arte levará muita alegria e animação para as pessoas, com apresentações rápidas, onde o público não precisa sair de casa para assistir, pois elas acontecem na rua, na calçada, em qualquer lugar. 
“O veículo da arte chega chegando, igual ao carro do ovo, do produto de limpeza, da pamonha, do churros, do comprador de ferro velho... é a arte de rua encontrando seu lugar, abrindo caminhos, com o maior cuidado possível para encantar as pessoas e manter a tradição de que o artista vai onde o povo está!”, diz Tiago Munhoz, organizador da mostra e integrante do Galpão da Lua.
O Cirquinho do Revirado existe desde o ano de 1997, quando Reveraldo Joaquim e Yonara Marques compraram um mini circo e foram trabalhar exclusivamente com o fazer teatral. O grupo já circulou por dezenas de Estados brasileiros, ganhando vários prêmios em festivais. Em 2017, recebeu a Medalha da Cruz e Souza de Santa Catarina e um prêmio pelo conjunto da obra da Academia Catarinense de Letras. 
O Cirquinho do Revirado vem para a mostra com uma peça adaptada para ser apresentada na carroceria de uma camionete, respeitando o distanciamento social. Um mini circo é montado na carroceria, onde dois atores/bonequeiros fazem a peça de bonecos, que é uma adaptação da história clássica da Chapeuzinho Vermelho para a temática da pandemia, seus modos protetivos, a crítica à resistência ao distanciamento social. Cada apresentação tem duração de oito minutos, e é toda gravada, para que a peça não se estenda, e para que as pessoas não se aglomerem. Na própria estrutura da camionete, duas cornetas fazem em alto e bom som, a projeção da fala dos bonecos, das músicas e da sonoplastia do espetáculo.

Companhia Trupeçando

Formada por Allan Barros (Paraíba, Brasil) – Palhaço Salsicha, e Guadalupe Merki (Argentina) – Palhaça Arenga, o grupo escolheu a rua e os espaços alternativos para atuar através da linguagem do circo e do teatro. Tem como proposta de trabalho a ocupação de espaços públicos e a itinerância, fundamentalmente por cidades de pequeno porte do país. 
O grupo irá circular por Prudente a bordo da Kombi Beija-Flor, que além de meio de transporte, é cenário dos espetáculos e estruturas para cinema móvel. Com ela, a Cia Trupeçando já percorreu mais de oito Estados brasileiros, no projeto “Trupeçando”, que em 2019 foi contemplado com o Prêmio Funarte de Estímulo ao Circo. A última circulação do grupo aconteceu em municípios do cariri paraibano, apresentando na zona rural e na zona urbana em formato de cortejo/intervenção de casa em casa, trabalho especialmente desenvolvido para o contexto de pandemia.

O Bando Golíardis

É um coletivo de circo e teatro de rua composto por quatro artistas, que também são educadores, com formação nas áreas de teatro, circo, música e dança. Com atividades iniciadas no ano de 2015, o grupo desenvolve espetáculos, números circenses, oficinas e intervenções cênicas diversas, e realiza itinerância com sua Kombi Albina, ocupando praças e espaços públicos das cidades por onde passam.

SAIBA MAIS
3ª MOSTRA GALPÃO DA LUA

É uma realização do Ponto de Cultura Galpão da Lua, com o apoio do Ministério do Turismo/Secretaria Especial da Cultura e governo do Estado de São Paulo/Secretaria da Cultura, através do ProAC Expresso LAB 60 - “Prêmio por histórico de realização de mostras, festivais, mercados, feiras e festas literárias, premiações e outros eventos culturais”. Ao todo, são 16 artistas e grupos vindos de diversos lugares do Brasil. O formato itinerante da mostra tem o objetivo de não promover aglomeração e assim evitar a propagação da Covid-19, realizando apresentações rápidas, de no máximo 15 minutos, distribuídas em aproximadamente 150 pontos espalhados por bairros e distritos de Prudente. 

SERVIÇO
Todas as informações da mostra estão disponíveis nas redes sociais do Galpão da Lua e no seu blog federacaoprudentinadeteatro.blogspot.com/.

PROGRAMAÇÃO
Dia 30 – das 14h às 18h
Local: Vila Geni e Vila Operária
Atrações: Cirquinho do Revirado – Criciúma (SC), Cia Trupeçando – Sumé (PB) e Bando Golíardis - São Paulo (SP)

Dia 31 – das 15h às 18h
Local: Conjunto Habitacional João Domingos Netto
Atrações: Cirquinho do Revirado – Criciúma (SC), Cia Trupeçando – Sumé (PB) e Bando Golíardis - São Paulo (SP)

Divulgação

Bando Golíardis é um coletivo de circo e teatro de rua composto por 4 artistas 

Foto: Rayra Martins

Cia Trupeçando também vai circular pela cidade a bordo de uma kombi, a Beija-Flor

Veja também