3ª fase da vacinação contra gripe inclui pessoas com deficiência em grupo prioritário

Nos cuidados do dia a dia, público precisa fazer limpeza constante dos equipamentos, como aro das cadeiras de rodas, bengalas-guias, muletas e andadores

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 09/05/2020
Horário 18:00
Secom - Imunização é oferecida em 28 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde Foto: Secom - Imunização é oferecida em 28 salas de vacinação localizadas em unidades de saúde

A terceira fase da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza, a gripe, em Presidente Prudente começará na segunda-feira. A Coordenadoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência lembra que nesta fase foram incluídas pessoas com deficiência nos grupos prioritários.

De acordo com a coordenadora do órgão, Eliane Chagas, para este público há necessidade de levar um dos seguintes documentos: laudo para comprovação da deficiência, comprovante do BPC (Benefício de Prestação Continuada) ou documento do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que comprove a deficiência. Também levar a carteira de vacinação.

De acordo com a coordenadora, "para as pessoas com deficiência,  é muito importante se proteger de todas as gripes, por terem alguns riscos decorrentes de cada tipo de deficiência", explica.

A representante enfatiza "os cuidados que devem tomados, como uso de máscara de forma correta, limpeza constante das mãos e, particularmente dos equipamentos como aro das cadeiras de rodas, bengalas-guias, muletas, andadores e demais equipamentos. O mais importante é que fiquem em casa e saiam somente para receber a vacina.

A imunização é oferecida em 28 salas de vacinação localizadas nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e nas ESFs (Estratégias de Saúde da Família).

A partir de segunda-feira, além das pessoas com deficiência, a terceira fase passará a abranger: crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, gestantes e as puérperas, ou seja, as mulheres que tiveram bebês em até 45 dias.

Veja também