Publicidade

8º Baep celebra um ano de instalação

Complemento ao policiamento regional, durante esse período o batalhão prendeu 491 pessoas e recolheu 1,9 toneladas de drogas

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 11/04/2020
Horário 07:55
Murilo Antunes/Cedida: Batalhão conta hoje com aproximadamente 285 policiais em duas companhias Foto: Murilo Antunes/Cedida: Batalhão conta hoje com aproximadamente 285 policiais em duas companhias

 

Há um ano começava em Presidente Prudente o trabalho das equipes do 8º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) – que chegaram para complementar o policiamento regional. Instalado nas dependências do Quartel do CPI-8 (Comando de Policiamento do Interior), o batalhão conta hoje com aproximadamente 285 policiais que atuam no combate à criminalidade juntamente com batalhões territoriais de forma preventiva e ostensiva.

Os militares foram escolhidos conforme o tempo de experiência, principalmente, na área operacional. Além da sede do 8º Baep, há duas companhias instaladas: a primeira em Prudente e a segunda em Presidente Venceslau. Antes da implantação, o efetivo passou por treinamento no começo do ano passado. As atividades foram coordenadas pelo CPChq (Comando de Policiamento de Choque), e abordaram disciplinas específicas do padrão Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar), do 2º e 3º batalhões de policiamento de choque, bem como do COE (Comando de Operações Especiais) e Gate (Grupo de Ações Tática Especiais).

“O treinamento constante capacita os policiais para apoiarem as demais modalidades de policiamento nos atendimentos de ocorrências de maior complexidade, com o emprego de armamento especializado, no combate ao crime de maior potencial, toda e qualquer possibilidade de repreensão aos crimes que exijam o emprego de conduta ou ações especiais”, considera o major PM Marcelo Moura Leite, comandante interino do 8º Baep.

Desde o início dos trabalhos, o batalhão tirou 491 criminosos das ruas, sendo 322 prisões em flagrante, 123 cumprimentos de mandados e 46 apreensões de adolescentes. Houve ainda abordagens a 21,4 mil pessoas e vistorias em 3,5 mil veículos. Durante as ações, os policiais recolheram 65 armas de fogo e apreenderam 1,9 toneladas de entorpecentes, com destaque para a maconha, cocaína, crack, haxixe e skank).

 

REFORÇO NO

POLICIAMENTO

O batalhão também é composto pelo Canil, atualmente com 32 cachorros das raças pastor belga de malinois, rottweiler, labrador e bloodhound, esse último para localização de pessoas. Os animais passam por diversos treinamentos e são aptos para funções de policiamento, localização de narcóticos, controle de distúrbios civis e ocorrências de alto risco e localização de artefatos explosivos, além de localização de armas. Cada qual com as funções específicas.

Ainda, compõe o batalhão o Grupamento de Policiamento Montado, com 17 policiais e 14 cavalos. Devido às características de mobilidade em terreno irregular e visão elevada, o policiamento montado é mais eficiente em áreas específicas, como o Parque do Povo e às margens da linha férrea em Prudente. Além do policiamento, também atua no cunho social no Centro de Equoterapia, em parceria com a Unoeste (Universidade do Oeste Paulista).


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Veja também