8º Baep encerra semestre com 250 prisões na região

Conforme levantamento fornecido pelo órgão, apreensões de armas de fogo, armas brancas e entorpecentes também apresentam números satisfatórios

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 04/07/2020
Horário 07:39
Polícia Militar - Trabalho desenvolvido coloca região entre as melhores do Estado Foto: Polícia Militar - Trabalho desenvolvido coloca região entre as melhores do Estado

O 8º Baep (Batalhão de Ações Especiais de Polícia) fechou o primeiro semestre com resultados satisfatórios no combate à criminalidade. De acordo com o levantamento fornecido à reportagem de O Imparcial, de janeiro a junho deste ano, o batalhão tirou 250 criminosos do convívio da sociedade, entre cumprimentos de mandados (55), prisões em flagrante (174) e apreensões de adolescentes (21).

Os números também mostram que o total de pessoas abordadas chegou a 8.246 nas quatro regiões que compreendem a área do batalhão: Assis, Dracena, Presidente Prudente e Presidente Venceslau. O trabalho desenvolvido contribui para colocar os municípios entre os melhores do Estado em relação à segurança pública, uma vez que apresentam índices reduzidos, conforme acompanhado mensalmente por este diário.

“O 8º Baep foi criado num momento oportuno”, afirma o comandante do batalhão, tenente-coronel PM Mário Sérgio Nonato. “É mais um serviço que a Polícia Militar oferece à população e tem feito com que a região de Prudente esteja entre as melhores também no quesito qualidade de vida”, considera.

Drogas e armas na mira da PM

Quando um criminoso é colocado atrás das grades, a prisão evita confrontos graves por parte dos infratores, o que também reflete na retirada de circulação de drogas e armas. Conforme o levantamento, neste ano foram recolhidas 26 armas de fogo e cinco armas brancas. Ainda, o batalhão apreendeu 408,579 kg (quilos) de drogas. Na região conhecida como a rota dos traficantes, seja de armas ou entorpecentes, a polícia tem demonstrado eficiência durante os flagrantes.

De acordo com o comandante, essas ocorrências são registradas praticamente todos os dias, principalmente quando envolve o comércio de drogas. “As apreensões são muitas, e esse trabalho será contínuo, intenso, tanto no tráfico, como também no combate à circulação de armas”, salienta o tenente-coronel. “É com isso que a gente consegue reduzir os índices criminais. A região vive um período muito bom em vários fatores, dentre eles, o trabalho intensificado de polícia preventiva”.

 

 

Produtividade do Baep até 23/06

Ocorrência

Total

Drogas apreendidas (kg)

408,579

Arma de fogo apreendida

26

Arma branca apreendida

5

Veículo recuperado

2

Prisões em flagrante

174

Mandado de prisão

55

Menores apreendidos

21

Pessoas abordadas

8.246

Condutores fiscalizados

1.669

Fonte: 8ºBaep

 

 

 

 

 

 

Veja também