Agente penitenciário é apontado como líder de organização criminosa na região

Operação Sereno, deflagrada pela Polícia Federal de Presidente Prudente, cumpriu seis mandados de busca e apreensão na cidade de Regente Feijó

REGIÃO - GABRIEL BUOSI

Data 01/12/2020
Horário 11:30
Foto: Polícia Federal
Mandados de busca e apreensão ocorreram na cidade de Regente Feijó
Mandados de busca e apreensão ocorreram na cidade de Regente Feijó

A Polícia Federal de Presidente Prudente deflagrou na manhã de hoje a Operação Sereno, visando desarticular uma organização criminosa voltada para o contrabando de cigarros na região. O líder da organização criminosa é agente penitenciário do Estado de São Paulo.

Segundo a corporação, seis mandados de busca e apreensão foram expedidos pela quinta Vara Federal de Presidente Prudente e cumpridos na cidade de Regente Feijó.

Conforme as investigações, a quadrilha recebia cigarro contrabandeado de origem paraguaia, de fornecedores do Paraná, e os distribuía por toda a região do oeste paulista.

Os crimes de contrabando e de organização criminosa foram imputados aos investigados e somam penas de até 13 anos de reclusão.
 

Veja também