Aparecimento de escorpiões preocupa moradores do Jardim Sumaré

PRUDENTE - Estevão Salomão

Data 08/04/2016
Horário 09:33
A incidência do escorpião Tityus serrulatus, conhecido popularmente como escorpião-amarelo, tem preocupado os moradores do Jardim Sumaré, em Presidente Prudente. Na Rua José Antônio de Souza, o aracnídeo já foi encontrado em pelo menos sete residências. Em uma delas, inclusive, o morador capturou quatro deles em menos de 15 dias. De acordo com o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) do município, este episódio não se trata de um surto, pois o número está diretamente atrelado à quantidade de resíduos sólidos acumulados em vias públicas, terrenos baldios e fundos de vale, característicos neste ambiente.

Na calçada, no quintal, nos ralos ou na rua. Segundo os depoimentos, são diversos os locais de aparecimento desta espécie, que entre os principais efeitos da picada estão a alteração da temperatura e o acúmulo de fluidos no pulmão, que em casos mais graves leva ao óbito.

Jornal O Imparcial Escorpiões foram encontrados em pelo menos 7 residências

O motivo da proliferação? Não precisa ser um bom observador para notar a quantidade de garrafas de plástico, móveis antigos, e os mais variados tipos de entulhos depositados de maneira irregular nas proximidades da rua citada, especialmente numa APP (área de preservação permanente), inclusa ma localidade. Segundo o diretor do CCZ, médico veterinário Célio Nereu Soares, este desequilíbrio é o principal motivo da frequência de registros.

Sobre as medidas tomadas, Célio informa que "cada caso é um caso", sendo, portanto, necessário o contato direto com o órgão municipal para averiguação e orientação dos agentes capacitados. "Este local tem um diferencial que é o fundo de vale, mas temos que analisar cada reclamação", esclarece.

A reportagem entrou em contato com a Secom (Secretaria Municipal de Comunicação) a fim de obter prazos. Esta, por sua vez, informa que o lixo é jogado pela população do bairro, e que "mais uma vez" a Prudenco (Companhia Prudentina de Desenvolvimento) vai recolher este lixo, mas sem prazo definido, pois "vai entrar num cronograma de serviços".

 

Preocupados

Atividades infantis do cotidiano, como engatinhar no chão ou brincar na calçada, na residência número 151 passaram a ser prioridades de precaução. Isto porque neste local reside uma família com uma criança de dois anos, e este é o ambiente em que foram encontrados quatro escorpiões. Conforme o morador do imóvel, o vendedor Anderson Kuhn, 34 anos, a aparição do animal está atrelada à exposição de lixo nos terrenos adjacentes. Segundo ele, durante um ano que mora na localidade a situação é "sempre a mesma". "Temos filho pequeno e a sensação de insegurança é constante", diz.

Para o lubrificador Luiz Carlos dos Santos, 44 anos, que reside defronte a um amontoado de entulho, a presença de escorpiões é evidente em todas as residências do local, das quais aponta pelo menos cinco que tiveram o mesmo problema. "Em todas os moradores já encontraram e mataram o bicho", comenta.

"Fico 24h aqui e vejo pessoas descartando o lixo". A denúncia do instalador de som automotivo, Robson Lemos, 36 anos, explica o atual panorama observado e descrito acima. Robson afirma que "são pessoas de outros bairros que prejudicam a localidade".

A secretária Juliana Aparecida, 38 anos, por sua vez, menciona que já encontrou o escorpião em sua calçada, e acrescenta a frequência deste episódio no local. "Além desse bicho tem também aranha e mosquito", salienta.

 

SERVIÇO


TELEFONES


O CCZ salienta que as medidas de contenção ocorrem após denúncias, as quais podem ser realizadas pelos telefones 3905-42220 e 3905-3265. Vale lembrar que jogar lixo em local indevido, seja público ou privado, é crime e cabe penalidade. As denúncias devem ser feitas pelo telefone 156 – da Prefeitura – ou 190, já que o descarte irregular de lixo é configurado crime ambiental.

 

SAIBA MAIS

CUIDADO


É imprescindível o conhecimento do CCZ em casos envolvendo o escorpião, contudo, algumas medidas de segurança são:

 

- Usar luvas de couro para manipular entulho e material de construção;

- Não mexer em lixo ou entulho acumulado;

- Limpar terrenos baldios próximos à sua casa;

- Colocar telas nos ralos, pias e protetores nas portas;

- Evitar acúmulo de lixo;

- Olhar antes de calçar sapatos e botas;

- Não deixar grama alta ou mato;

- Evitar manipular escorpiões, e, quando necessário, usar pinças e material adequado;

- Manter limpos os comedouros e bebedouros de animais.

 

Veja também