Artesã quer fazer bonecas em prol da bebê Valentina

Sensibilizada com a história, Maria Aparecida Mesquita está pedindo doações de restos de material – lãs, aviamentos, retalhos, fitinhas, lacinhos, elásticos – para ajudá-la na confecção

VARIEDADES - OSLAINE SILVA

Data 10/06/2021
Horário 08:05
Foto: Cedida
Bonequinha será feita totalmente com sobras, restos de linhas, lãs, tecidos que você doar
Bonequinha será feita totalmente com sobras, restos de linhas, lãs, tecidos que você doar

Você tem restos de lãs em sua casa, aviamentos, retalhos, fitinhas, lacinhos, elásticos qualquer matéria-prima que sirva para confeccionar uma boneca de pano? Se sim e você sentir no seu coração em fazer uma boa ação essa é a hora, pois a artesã de Presidente Prudente, Maria Aparecida Mesquita, 54 anos, está pedindo doações desses tipos de materiais que ela usará exatamente para fazer bonequinhas e doar em prol da bebê Valentina Domingues Brandin (@cureavalentina), a bebê que tem AME (Atrofia Muscular Espinhal) e necessita tomar o caríssimo medicamento Zolgensma até os 2 anos de idade.
“Eu me senti sensibilizada demais com a história de luta de vida da pequena Valentina, e pelo sofrimento da Luciana, a mãe. Então fui tomada por um desejo de ajudar de alguma forma. Ai, desculpa [a voz embarga] é muito difícil quando você devolve um filho pra Deus, sabe? E aí você vê uma mãe na mesma angústia de a qualquer momento ter que de repente fazer isso. Então quero ajudar com o que sei fazer”, expõe a artesã, que quando teve um bazar no Santuário de Santa Teresinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, ela fez exatamente a doação de uma boneca bebê. 
“Fiquei pensando na possibilidade de fazer alguma bonequinha mais simples e de retorno rápido que pode ser dada como uma lembrança, um presente a um amigo. Nos bracinhos dela dá para escrever palavras motivacionais. Deixando claro que estou pedindo restos de materiais, aqueles restinhos que geralmente acumulamos nas gavetas, em saquinhos”, comenta a artesã.

Um motivo pra levantar

Maria Aparecida tem no artesanato sua principal fonte de renda há 12 anos. O couro é sua principal base de matéria-prima, a sua especialidade do qual surgem bolsas, tapetes, cintos, enfim o que a criatividade permitir. Mas, segundo ela, o que mais a deixa feliz é poder ajudar as pessoas.
“Me sinto privilegiada em de alguma forma poder contribuir com o meu semelhante. Acordar, me levantar e saber que tenho um propósito para aquele dia, sabe? O mais gratificante da vida é isso, a gente poder ajudar, ser útil na vida de outras pessoas nem que seja com pouco. Ainda não sei quantas bonequinhas conseguirei produzir, pois sou dona de casa e faço outros tipos de trabalhos, normalmente sob encomenda. Mas farei!”, exclama feliz Maria Aparecida.

SERVIÇO
Os interessados em contribuir com a doação dos materiais podem entrar em contato com Maria Aparecida pelo WhatsApp (18)99749-1720. 


 

Veja também