Ascensão do Senhor

Diocese Informa

COLUNA - Diocese Informa

Data 29/05/2022
Horário 05:04

A Ascensão do Senhor é sua a entrada para a glória do Pai, sentado à sua direita, assim como a Sagrada Escritura fala (Mc 16,19; Ef 1,20) e a Igreja profere a verdade de fé pelo creio. Ascensão é uma palavra latina, cujo significado é: subir, elevar-se. Em relação a Jesus, foi a sua volta para Deus, uma vez que de Deus viera, por obra do Espírito Santo, encarnou-se no seio da Virgem Maria, proclamou a Boa Nova do Reino de Deus, curou muitas pessoas, expulsou demônios, deu vista aos cegos, ressuscitou mortos, enfrentou junto às autoridades, a sua morte de cruz, morreu, e, Deus Pai o ressuscitou dos mortos (At 2,24; 5,30), de modo que ele voltou para a casa do Pai, onde está sentado à sua direita. Esta festa aponta à nossa vida futura, a vida de pessoas que ressuscitadas, viverão para sempre com o Deus Uno e Trino e na comunhão dos santos e das santas. Vejamos a seguir estes pontos na Patrologia, patrística, os primeiros séculos do cristianismo. São Leão Magno disse também que os dias decorrentes após a ressurreição até a Ascensão do Senhor, apontassem para o dom que a Providência de Deus estabeleceu diante dos olhos e dos corações dos discípulos, o reconhecimento de ter o Senhor Jesus Cristo verdadeiramente ressuscitado, como também verdadeiramente nasceu, sofreu e morreu. Os apóstolos e todos os discípulos e discípulas, atemorizados com a morte na cruz e de fé oscilante na ressurreição, ficaram fortalecidos com a evidência da verdade que a subida do Senhor nos céus não os entristeceu, mas ao contrário encheu-os de grande alegria. Ainda segundo São Leão Magno, o Filho do Homem, Filho de Deus, se revelou de uma forma mais excelente e sagrada, quando ele entrou na glória da majestade eterna. O fato é que mais distante pela humanidade, de maneira inefável, está mais presente pela divindade.  São Leão Magno convidou os seus fiéis a levantar os olhos dos corações humanos às alturas onde Cristo se encontra. Os desejos terrenos não impeçam os espíritos voltados para o alto. Os fieis atravessam os tempos como peregrinos no vale deste mundo. O caminho da caridade, por onde Cristo Jesus desceu até a humanidade, as pessoas subam até Ele, junto à glória de Deus Uno e Trino. Nós somos chamados a viver o mistério da Ascensão do Senhor no cotidiano de nossa existência. (Autor: Dom Vital Corbellini, Bispo de Marabá (PA). Fonte: https://www.cnbb.org.br).

MINI SERMÃO:
Solenidade da Ascensão do Senhor (Lc 24,46-53)

Saber o momento de se despedir! Mas qual o instante certo para sair de cena? Jesus partiu. Partiu na hora oportuna. Já havia anunciado, mostrado o caminho, ensinado, amado. Jesus foi para dizer: "agora é a vez de vocês". Se despede para continuar junto de outra forma. Despedida não é o fim, mas o início de um novo caminho. A despedida foi a forma mais evidente de Jesus permanecer. Sigamos com a força do Espírito Santo! (Autor: Padre Rafael Moreira Campos).

AGENDA PAROQUIAL: Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Presidente Venceslau
- Missas -
Sábado: às 18h - Capela Nossa Senhora Aparecida e às 19h30 - Igreja Matriz;     
Domingo: às 7h - Capela São Judas Tadeu, às 8h30 - Capela Nosso Senhor do Bonfim, às 10h - Igreja Matriz, às 17h - Capela Santa Edwiges e às 19h - Igreja Matriz

MENSAGEM DO PAPA:
Esta festa inclui dois elementos. Por um lado, orienta o nosso olhar para o céu, onde Jesus glorificado está sentado à direita de Deus (cf. Mc 16, 19). Por outro, recorda-nos o início da missão da Igreja: por quê? Porque Jesus ressuscitado e elevado ao céu envia os seus discípulos a difundir o Evangelho por todo o mundo. Portanto, a Ascensão exorta-nos a elevar o olhar para o céu, para o dirigir logo a seguir para a terra, cumprindo as tarefas que o Senhor ressuscitado nos confia. Eis quanto nos convida a fazer a página evangélica hodierna, na qual o evento da Ascensão vem imediatamente depois da missão que Jesus confia aos discípulos. Trata-se de uma missão incomensurável — ou seja, literalmente sem confins — que supera as forças humanas. A missão confiada por Jesus aos Apóstolos prosseguiu através dos séculos, e prossegue ainda hoje: ela exige a colaboração de todos nós. Com efeito, cada um de nós, em virtude do Batismo que recebeu, está habilitado por sua vez a anunciar o Evangelho. É precisamente o batismo que habilita e também nos impele a ser missionários, que anuncia o Evangelho. A Ascensão do Senhor ao céu, enquanto inaugura uma nova forma de presença de Jesus no meio de nós, pede-nos para ter olhos e coração para o encontrar, para o servir e para o testemunhar aos outros. Trata-se de ser homens e mulheres da Ascensão, ou seja, buscadores de Cristo pelas sendas do nosso tempo, levando a sua palavra de salvação até aos confins da terra.(Fonte: www.vatican.va/content/francesco/pt/angelus/2018).

Padre Rafael Moreira Campos
Adm. Paroquial Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Pres. Venceslau/SP
"Ouse ser o melhor. Ame!"
Instagram @padrerafaelmoreira
Facebook www.facebook.com/rafaelmoreiracampos
Informações: Cúria Diocesana (18) 3918-5000
 

Veja também