Avante Prudente

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 21/10/2021
Horário 04:14

O Plantão conversou com o presidente da executiva municipal do Avante em Presidente Prudente, Divaldo Ceresini, sobre as eleições do ano que vem e possíveis candidaturas locais para deputado estadual e deputado federal.

POSSÍVEIS NOMES
Existe um nome de interesse do partido para que seja candidato a deputado federal e dois possíveis nomes para a definição de um que poderá disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa; todos do setor empresarial.

LÍDER ESTADUAL
O Avante quer como federal o empresário Marcos Lucas, líder estadual do segmento de turismo na condição de presidente da Aviesp (Associação das Agências de Viagens do Interior do Estado de São Paulo). Nas eleições de 2020, ele foi candidato a prefeito.

ARTICULAÇÕES
Na disputa envolvendo 12 candidatos a prefeito, Marcos Lucas obteve 4,3 mil votos. Foi o sétimo mais votado. Os dois nomes cogitados para deputado estadual são mantidos em sigilo, por questões de articulações em busca de apoio.

MAIS RECEITAS
A provável candidatura de Marcos Lucas já está mais adiantada, inclusive com a elaboração de projetos para auxiliar as prefeituras aumentarem as suas receitas através de convênios e a geração de novos empregos.

GRANDE VOLUME
Durante os quase 10 meses de atuação como vereadora, com o mandato interrompido para assumir a Seduc (Secretaria Municipal de Educação), a professora Joana D´Arc (PSB) formulou mais de 440 proposituras.

NÚMEROS EXATOS
Foram exatamente 446, sendo 235 requerimentos, 169 indicações, 24 projetos de lei, 15 moções e três projetos de resolução. O mandato teve início em 1º de janeiro deste ano e foi interrompido dia 8 deste mês (280 dias), quando da sua nomeação como secretária.

ACIMA DO TETO
Chega ao Plantão informação do deputado Mauro Bragato (PSDB) sobre a busca à ajuda do governo do Estado para o Hospital de Esperança de Presidente Prudente, que está com demanda orçamentária acima do teto financeiro.

EXPECTATIVA
Foram mais de sete pacientes atendidos no mês de setembro, exclusivamente usuários do SUS (Sistema Único de Saúde). A necessidade é de um aporte de R$ 4,5 milhões por mês. A expectativa é de convênio com o governo paulista.

BRAÇO DIREITO
O assunto foi tratado ontem com o secretário executivo da Secretaria de Saúde do Estado, Eduardo Ribeiro Adriano, incluindo as presenças do presidente e da superintendente do hospital, respectivamente Felício Sylla e Mayara Maria Colasso.

POSSÍVEL BALANÇO
É possível que o prefeito Ed Thomas (PSB) anuncie hoje o balanço das reivindicações para Presidente Prudente e que foram levadas a Brasília, onde passou os três primeiros dias desta semana, de segunda-feira até ontem.

BUSCA DE RECURSOS
Na condição de presidente das Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema), o prefeito prudentino esteve à frente de uma caravana de prefeitos, vereadores e secretários municipais, que foram em busca de recursos. 

Veja também