BOA NOTÍCIA

Sinomar

COLUNA - Sinomar

Data 17/03/2020
Horário 04:12
National Resident Matching Program confirmou ontem a aprovação de Gabriel Aleixo: primeiro médico formado pela Unoeste a conquistar uma vaga para residência médica nos EUA National Resident Matching Program confirmou ontem a aprovação de Gabriel Aleixo: primeiro médico formado pela Unoeste a conquistar uma vaga para residência médica nos EUA Imagem: National Resident Matching Program confirmou ontem a aprovação de Gabriel Aleixo: primeiro médico formado pela Unoeste a conquistar uma vaga para residência médica nos EUA

Gabriel Aleixo, prudentino de 34 anos, é o primeiro médico formado pelo curso de Medicina da Unoeste a conquistar uma vaga para a residência médica nos Estados Unidos. Ontem ele recebeu a mensagem da National Resident Matching Program, comunicando oficialmente sua aprovação. Aleixo já havia feito estágios nas universidades americanas de Yale, UNC, Emory e na Cleveland Clinic, validou seu diploma nos EUA e depois passou por um longo e complicado processo de provas e testes até receber a notícia de sua aprovação.

GRATIDÃO
Sobre a Medicina, a Unoeste e sua cidade natal, Gabriel Aleixo comentou com muito carinho e gratidão sobre seu sonho de ajudar ao próximo e garantir desenvolvimento da ciência como pesquisador da área. “Academicamente a universidade me garantiu exposição para diferentes tipos de patologias. Há ótimos professores na instituição como o Dr. José Bressa e a Dra. Nilva Galli, por exemplo, que me ajudaram muito durante esse processo e sou eternamente grato a eles. Pessoalmente falando, levo amigos e um sentimento bom de uma universidade que só me abriu portas. Foi ali que comecei a amar a ciência e no fim, tudo deu certo. Só tenho que agradecer a todos e a minha família, que sempre foi meu maior suporte”, completou o médico.

BOM DIA
“O dia de hoje é de paz interior. Confie em Deus. Você está exatamente onde precisa estar. Não esqueça as infinitas possibilidades que nascem da sua fé. Use esses presentes que você tem recebido e passe-os com o amor que tem sido dado a você.” (Prece de Santa Tereza)

NA FRANÇA
O advogado prudentino, Sérgio Luauri, mora desde janeiro em Perpignan, sul da França, onde conclui os estudos de seu doutorado na área de Direito Internacional Cibernético. Sérgio relatou que na cidade a vida segue normal, sem nenhum caso oficial de coronavírus, entretanto, o governo tomou medidas sérias de prevenção. “Mesmo assim não há uma histeria coletiva”. As recomendações, segundo Luauri, são: “Evitar pânico, qualquer suspeita de problema respiratório é para procurar um centro de saúde, que fica 24 horas aberto, lavar as mãos e evitar contato físico, deixar os lugares sempre arejados. se espirrar usar alguma proteção, como o antebraço e limpar as mãos com água e sabão, usar máscara somente se estiver em local fechado e trocar após 3 horas de uso”. Ontem, no final da tarde, o advogado prudentino relatou que assistiu o pronunciamento do presidente Macron, no qual ele determinou que a partir desta terça-feira, as pessoas devem ficar em casa, confinadas, sob pena de sansão, e que as fronteiras estavam fechadas por 15 dias.


Advogado prudentino Sérgio Luauri, aluno de doutorado na Université Perpignan, cidade de 200 mil habitantes, no sul da França


Jaqueline Frizon, ex-repórter da TV Band de Presidente Prudente, estreou anteontem na equipe da CNN Brasil

Veja também