Câmara expande benefício para gerar emprego e renda

PRUDENTE - MARIANE GASPARETO

Data 15/01/2019
Horário 06:09
Maycon Morano/AI da Câmara de Prudente - Vereadores receberam Acipp, UEPP, Ciesp e Intepp antes das modificações
Maycon Morano/AI da Câmara de Prudente - Vereadores receberam Acipp, UEPP, Ciesp e Intepp antes das modificações

Com objetivo de gerar emprego e renda, os vereadores da Câmara de Presidente Prudente expandiram na última semana os benefícios do InovaTec para todas as empresas do setor, por meio de emenda ao projeto de lei original, conforme a Assessoria de Imprensa da casa de leis. Inicialmente, o programa se restringia às startups nascidas e implantadas na Fundação Inova, o que foi alterado após a mobilização da sociedade civil organizada, que solicitou modificações na propositura.

Os representantes da Acipp (Associação Comercial e Empresarial de Presidente Prudente), UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente), Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo) e Interpp (Incubadora Tecnológica de Presidente Prudente) se reuniram com o legislativo na sexta-feira, data em que foi realizada sessão extraordinária pelos parlamentares.

Com as alterações, a isonomia tributária foi concedida às empresas de tecnologia que não estiverem sediadas na Fundação de Educação, Pesquisa e Inovação Vicente Furlanetto, que integra o Centro de Inovação/Inova Prudente, tal qual às associadas à Intepp, por exemplo. Como noticiado por este diário, desde 2014 foram integrados no local cerca de 60 projetos, dos quais 18 deram continuidade, e, destes, cinco de transformaram em empresas. No fim do ano passado, a Intepp contava com 24 projetos em fase de desenvolvimento, trabalhos compostos por cerca de 80% de jovens.

As propostas enviadas pelo prefeito Nelson Roberto Bugalho (PTB) foram o Projeto de Lei 728/17 (que recebeu uma Emenda Supressiva), que institui o InovaTec, e o Projeto de Lei 729/17 (alterado por uma Emenda Aditiva e Modificativa), o qual regulamenta a prestação de serviços de compartilhamento.

Possibilidades de investimento

Com as alterações no InovaTec será ampliado o leque de investimentos e mais empresas poderão ser beneficiadas, aos olhos do presidente da UEPP, Marcos Antonio de Carvalho Lucas. “Esse é um projeto muito bom, que visa fomentar o setor na cidade. Uma estratégia interessante para torná-la um polo tecnológico”, esclarece.  De acordo com Marcos Lucas, a entidade compreendeu que o benefício deveria ser estendido a qualquer empresa do segmento fixada em Prudente, ainda que não fosse associada à Fundação Inova.

“Temos faculdades excelentes, várias ações da fundação [Inova], de modo que este é um ramo que tem muito a se desenvolver aqui. Como é um serviço que pode ser feito remoto, entendemos que o benefício fiscal abrirá portas para empresas que poderão contratar pessoas aqui, nos ajudando a reter a mão de obra que as universidades vêm oferecendo ano a ano”, considera o presidente da UEPP.

Veja também