Canal aberto

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 02/10/2021
Horário 03:33

Está aberto um canal de comunicação com o governo federal que poderá resultar em solução para melhorar a malha viária da zona leste, por onde passa a ferrovia da antiga EFS (Estrada de Ferro Sorocabana) e que se tornou Fepasa (Ferrovia Paulista S/A) em 1971.

PRIVATIZAÇÃO
Em dezembro de 1998 ocorreu a privatização arrematada pela Ferroban (Ferrovia dos Bandeirantes), que passou a concessão para a Rumo ALL (América Latina Logística), culminando com o fim do transporte de passageiros em 1999.

MAIS DE 20 ANOS
Desde então, já são mais de 20 anos de luta pelos que defendem a retomada do transporte ferroviário, em especial no segmento de cargas. O assunto esteve em debate na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Assembleia Legislativa, em 2010.

FOCO ESPECÍFICO
A temática da comissão foi o sistema ferroviário do Estado de São Paulo, sendo presidida pelo deputado Vinicius Camarinha (PSB) e com o envolvimento dos três deputados representantes da região de Presidente Prudente.

JUNTOS NA LUTA
Mauro Bragato (PSDB) foi o relator, fazendo parte dos membros eleitos, enquanto Ed Thomas (PSB) e Reinaldo Alguz (PV), cuja base eleitoral é a região da Nova Alta Paulista, na condição de membros substitutos.

FRENTES DE LUTA
São várias frentes de luta contra o sucateamento da malha viária paulista e agora como prefeito, Ed Thomas encontra a possibilidade de buscar recursos do governo federal para melhorar a malha viária da zona leste, em trechos como o da Rua Mendes de Moraes.

UM PRUDENTINO
A conversa feita com o novo diretor-geral da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), o prudentino engenheiro civil Rafael Vitale, que nesta semana esteve no gabinete e trocaram ideias sobre o assunto.

LIDERA E CIESP
Participaram do encontro alguns representantes do setor empresarial: pelo Grupo Lidera, Marcelo Lebedenco e Jonas Moraes; e pela regional do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Fernando Carballal, pai de Rafael.

UNIÃO REGIONAL
Também participaram representantes da UEPP (União das Entidades de Presidente Prudente e Região): Renato Mungo, Jeferson Prates e Maurício Leme Junior. A conversa foi com quem entende do assunto.

CONHECIMENTO
Rafael é servidor público federal concursado e atuou como analista de infraestrutura do Ministério dos Transportes, exatamente no departamento de ferrovias. Em sua formação acadêmica é mestre em engenharia de transportes com foco em ferrovias.

POSSIBILIDADE
O poder concedente da malha viária paulista é o Estado; mas o município pode intervir pelo menos no entorno do trecho praticamente sucateado da ferrovia. Porém, no segmento empresarial a luta continua sendo pela retomada do transporte ferroviário.

INTERLOCUTOR
É bom que a administração municipal tenha um interlocutor de alto nível junto ao governo federal e a disponibilidade de Rafael Vitale conversar com o prefeito e representantes do empresariado é algo positivo para Prudente e região. 

Veja também