CHEF JULIA CARVALHO

Sinomar

COLUNA - Sinomar

Data 06/06/2020
Horário 04:28
A mestre churrasqueira mais famosa do Brasil, Julia Carvalho Foto: A mestre churrasqueira mais famosa do Brasil, Julia Carvalho

Julia Carvalho, chef apaixonada por carnes, se especializou em diversos tipos de preparo como parrilla, fogo de chão, varal e defumação, e tem participado de diversos eventos e competições no Brasil e no exterior. Hoje ela estará em Presidente Prudente, a convite da Cassimiro BarBQ, para preparar algumas delícias do melhor dos assados defumados, com cortes especiais que fazem o churrasco perfeito. Julia é membro e juíza certificada de competição pela KCBS (Kansas City Barbecue Society), além de Instrutora de BBQ chancelada pela Pitmasters Brasil. Casimiro BarBQ fica na Rua Casimiro Dias, 1.556, e abre neste sábado do meio-dia às 15h, e das 19h às 23h. Mais informações pelo telefone (18) 99820-2570.

...................................

BOM DIA
Não venha com essa que está esperando pelo melhor momento. Quem faz o momento é você. É como diz os versos de uma música: “Quem sabe faz a hora, não espera acontecer". Fique no bem!

SUPOSIÇÕES
Caso surja uma tecnologia para substituir os smartphones, o que é bastante provável num futuro próximo – embora isso ainda não pareça factível –, todas as startups baseadas em aplicativos mobile terão que se reinventar, e normalmente nesses processos de transição poucos negócios sobrevivem, pois a mudança é muito rápida e poucos conseguem acompanhar a velocidade de transição de uma curva para outra.

TRADIÇÃO DE INDIANA
A cidade de Indiana tem uma tradição de muitas décadas, que é a entrega de pães pela Padaria Marabá. Nosso correspondente José Vicente conta que nos seus tempos de criança, era uma charrete, que diariamente levava os pães nas casas, e antes mesmo do sol nascer, deixavam o pão de cada dia nas residências, que habitualmente tinham uma caixa no muro ou na cerca de balaustre, que era muito comum na época. O padeiro já sabia quantos pães deveria deixar e a conta era paga no final de cada mês. Os padeiros utilizavam uma buzina, tipo fonfon, para chamar a atenção das pessoas que não faziam os pedidos com antecedência. Hoje quem faz essa entrega todos os dias, com uma kombi branca, é o Tóti Garrido, enquanto dona Neuza fica no balcão atendendo os clientes. Saudades do senhor Pedro Garrido, que nos deixou não faz muito tempo. Mas a tradição continua mesmo aos domingos.

OS LIMITES
Ainda que a pandemia não esteja controlada e que analistas sustentem que ela sequer chegou ao ápice no Brasil, várias regiões deram início nesta e na semana passada, a medidas de flexibilização. Um dos grandes desafios das autoridades sanitárias é convencer a população a fazer a sua parte, respeitando os limites. Diante deste contexto, espera-se o mínimo de bom senso do cidadão que for sair de casa, seja para o trabalho, estudo, lazer ou atividades essenciais do cotidiano. Regiões que flexibilizaram muito antes tiveram de recuar por conta da retomada de casos.

Veja também