Com avanço da Covid, cidades da região cancelam festas de carnaval

Maioria dos municípios consultados levou em conta a instabilidade enfrentada neste período de pandemia; em PP, decisão se deu também em respeito às famílias enlutadas

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 16/01/2022
Horário 03:45
Foto: Freepik
Em Sandovalina e Regente Feijó, realização da festa segue indefinida
Em Sandovalina e Regente Feijó, realização da festa segue indefinida

Com o aumento de casos positivos de Covid-19 e de pacientes sintomáticos respiratórios neste início de ano, alguns municípios da 10ª RA (Região Administrativa) do Estado de São Paulo cancelaram as festividades do carnaval 2022. 
No final do ano passado, a Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Setur (Secretaria Municipal de Turismo), definiu que as comemorações do carnaval em 2022 não serão permitidas em espaços públicos, tendo em vista o momento de atenção aos índices hospitalares, suscetíveis a impactos após as festas de final de ano, bem como a instabilidade enfrentada no período de pandemia, em que muitos países estão novamente apresentando uma grande taxa de infecção pelo vírus. O parecer também levou em consideração o respeito às famílias enlutadas pela recente perda de seus entes vitimados pela Covid-19.

MACHADO
O município de Álvares Machado, por sua vez, informou que não é tradição realizar festas carnavalescas. 

DRACENA
Em Dracena, também não haverá carnaval promovido pela Prefeitura. 

MARTINÓPOLIS
Procurada, a Prefeitura de Martinópolis informou que, até o momento, não vai ter carnaval no município. 

MIRANTE 
Por prudência frente ao atual momento da pandemia de Covid-19, a Prefeitura de Mirante do Paranapanema optou por não realizar festividades carnavalescas este ano no município.

NARANDIBA
Em Narandiba, a Prefeitura informou que não realiza a festividade, porque as comemorações do aniversário do município ocorrem no mês de março. Desta forma, a administração entende que não há motivo para realizar duas celebrações.

PIRAPOZINHO
A administração municipal de Pirapozinho também informou que não haverá a realização de carnaval em 2022. “Percebemos que o avanço da Covid-19 na cidade, após a chegada da variante Ômicron, aumentou o número de consultas no pronto atendimento, e não queremos retornar ao período de precisar fechar tudo e prejudicar nossos comerciantes”, enfatizou o Executivo. “Portanto, mesmo que Pirapozinho não comemora o carnaval há muito tempo, realizar nesse momento seria administrar com irresponsabilidade, além de causar dificuldades para o serviço municipal de saúde”, acrescentou.

BERNARDES
No município de Presidente Bernardes, o prefeito, Reginaldo Luiz Ernesto Cardilo (PP), explica que, devido à economia e à questão pandêmica, o município não irá realizar as festividades de carnaval. “Aliando economia com responsabilidade à vida, nós não vamos fazer o carnaval novamente”. 

VENCESLAU
A Prefeitura de Presidente Venceslau informou que não possui planejamento para o carnaval 2022. “Recentemente, foi cancelado um evento esportivo que seria realizado ainda em janeiro, entre os dias 25 e 31, e que reuniria cerca de 2 mil pessoas em Presidente Venceslau”, enfatizou. O Executivo reforça a preocupação com a pandemia causada pelo novo coronavírus e a necessidade de praticar os protocolos preventivos para evitar a disseminação da doença.

RANCHARIA
Em Rancharia, a Prefeitura ainda não tinha se programado para o carnaval por conta da pandemia. Portanto, não existem planos para manter a comemoração.

ANASTÁCIO
Em novembro, a Prefeitura de Santo Anastácio apontou que, se o carnaval fosse na presente data, não celebraria a festa. Nesta semana, portanto, reafirmou que não haverá a festividade. “O momento não é oportuno e a preocupação agora é acabar de vez com a disseminação do vírus”, pontou o Executivo.

TEODORO
O município de Teodoro Sampaio, por sua vez, informa que não realizará a festividade diante do alarmante cenário de pandemia. “Entendemos que o momento é de absoluta cautela em face do expressivo aumento de casos registrados nos últimos dias no Brasil e em outros países. Reafirmamos o compromisso da administração de Teodoro Sampaio com a proteção à vida”.

EPITÁCIO
Após confirmar que realizaria o tradicional desfile de carnaval neste ano, a Prefeitura de Presidente Epitácio informou nesta semana, através do Decreto 3.961/2022, que suspendeu a apresentação das escolas de samba. No documento, que entrará em vigor nesta segunda, o município considerou a constatação da elevação do número de casos do novo coronavírus no Estado de São Paulo e no município, bem como a deliberação dos médicos que compõem o Comitê Científico Estadual, para que reforcem medidas preventivas para evitar a disseminação da Covid-19, conforme pronunciamento do governo estadual ocorrido na quarta-feira. 

Cronograma indefinido

Ainda em novembro, o Executivo de Sandovalina adiantou que estava aguardando o andamento da evolução dos casos e da vacinação, além de averiguar o panorama da Covid-19 na região. “Sandovalina entende que qualquer cancelamento é prematuro nesse momento, e que a divulgação imediata do evento do carnaval com tal antecipação também é equivocada”. Na tarde de ontem, a Prefeitura informou que a decisão de realizar ou não a festa ainda não foi tomada.  
Em Regente Feijó, o carnaval 2022 ainda não foi definido. “O prefeito irá aguardar o próximo mês”.



 

Veja também