Com descontrole de casos respiratórios, Prudente concentra equipes no Cohabão

Atendimento estendido na ESF do Humberto Salvador será encerrado a fim de que profissionais possam migrar para unidade da Cohab

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 26/01/2022
Horário 17:32
Foto: Marcos Sanches/Secom
Cohabão terá quatro médicos de plantão durante o período noturno
Cohabão terá quatro médicos de plantão durante o período noturno

Após reservar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Zona Norte e o Pronto Atendimento da Cohab para atendimento de pacientes com sintomas respiratórios durante 24 horas, a Prefeitura de Presidente Prudente anunciou que ampliará a equipe médica e multiprofissional atuando no Cohabão a partir desta quinta-feira. Dessa forma, na faixa das 17h às 23h, serão quatro médicos de plantão no local para atender cidadãos com sintomas gripais. Nos demais horários, haverá sempre três médicos de prontidão para atendimento exclusivo a sintomáticos.

O município soma mais de 2,5 mil casos de Covid-19 nesta semana, incluindo os 1.100 registros desta quarta-feira, e 5 mil notificações.

A estruturação dos serviços de saúde tem esbarrado na falta de profissionais. Apenas em 2022, são mais de 350 servidores da Secretaria Municipal de Saúde que se afastaram por Covid-19, o que equivale a 28% do total de funcionários. Além disso, há uma grande escassez de profissionais da área para atuar no enfrentamento à pandemia. “Estamos tentando contratar enfermeiros e médicos via Ciop [Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista], mas não estamos encontrando profissionais”, declara o secretário-adjunto, Marco Aurélio Lucio.

Diante deste cenário, a Sesau encerrará momentaneamente os atendimentos do plantão estendido da ESF (Estratégia de Saúde da Família) do Humberto Salvador. Desta forma, a unidade, que funcionava até as 22h, ficará aberta no mesmo horário de todas as demais Estratégias de Saúde da Família, até as 17h, e as equipes de saúde que atuavam nesta unidade serão deslocadas para reforçar o quadro do Cohabão. “Este é um momento atípico em que a prioridade é acolher os pacientes com Covid-19, por isso, pedimos a compreensão e a colaboração da população”, declara o prefeito Ed Thomas (PSB).

Outra mudança ocorre na unidade do Jardim Santana, na zona leste. Lá, o centro de apoio e testagem atenderá apenas pacientes com exames agendados, tanto por UBSs (Unidades Básicas de Saúde) quanto por ESFs, não mais os pacientes que procuram a unidade espontaneamente. Serão realizados até 230 exames por dia no local, mediante agendamento. Já o centro de testagem do Cohabão ficará limitado a 150 exames por dia. De acordo com Marco Aurélio, houve a necessidade de limitar a quantidade de testes para que seja possível registrar, processar e enviar todas as amostras para análise pelo IAL (Instituto Adolpho Lutz).

Veja também