Com presença de Osmar Santos, Secult inaugura exposição sobre futebol de Prudente

“Ripa na Chulipa” traz em imagens, um pouco da rica história futebolística da cidade; mostra já está aberta à visitação no Espaço Criar do Matarazzo

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 25/03/2022
Horário 21:50
Foto: Cedida
Osmar Santos esteve na noite de ontem no Matarazzo, para o início da exposição de quadros de sua autoria
Osmar Santos esteve na noite de ontem no Matarazzo, para o início da exposição de quadros de sua autoria

Um dos maiores locutores esportivos da nossa história, Osmar Santos esteve na noite de ontem no Centro Cultural Matarazzo, de Presidente Prudente, para o início da exposição de quadros de sua autoria, intitulada "O Pai da Matéria".
Na mostra, ele apresenta um pouco de seu talento artístico, desenvolvido após deixar as transmissões esportivas. As telas ainda ficaram expostas hoje. O prefeito Ed Thomas compareceu à cerimônia, assim como dezenas de admiradores do radialista e artista plástico.
Na mesma noite, a Secretaria Municipal de Cultura de Presidente Prudente inaugurou a exposição “Ripa na Chulipa'”, que traz em imagens, um pouco da rica história futebolística de Presidente Prudente. A mostra já está aberta à visitação no Espaço Criar do Centro Cultural Matarazzo.
Pertencem ao arquivo pessoal do professor, radialista, jornalista e vereador, Sérgio Jorge Alves (in memoriam), que retratam os bons tempos do E.C Corinthians de Presidente Prudente e da Apea (Associação Prudentina de Esportes Atléticos), nos tempos em que a nossa cidade era conhecida como a Capital da Alta Sorocabana.
A exposição faz homenagem ao eterno professor, como também, a Osmar Santos, conhecido como o Pai da Matéria, que é até hoje, considerado um dos maiores narradores esportivos na história do país.
"Tivemos a ideia dessa exposição com a vinda do Osmar Santos a Presidente Prudente. Uma forma de homenageá-lo utilizando um de seus bordões. Também prestamos homenagem ao professor Sérgio Jorge Alves, meu pai, que nos deixou há quatro anos. É uma emoção inexplicável, mas tenho a certeza de que está feliz, era um grande apaixonado pelo futebol e considerava Osmar Santos, como o maior narrador do rádio brasileiro", disse Alysson Vinícius, Ccoordenador da Secretaria Municipal de Cultura.

Um pouco mais sobre o artista

Osmar Santos é considerado um dos maiores narradores da história do rádio brasileiro, com participação importante nas Diretas Já nos anos 80.
Criador de diversos jargões nas transmissões esportivas, mostrando uma inovação grandiosa com tamanha criatividade. "Ripa na Chulipa", "Parou por quê, por que parou?", "pimba na gorduchinha" entre tantos bordões que ficaram marcados na história.
 

 

Veja também