Como a computação em nuvem pode alavancar seu negócio e fazer economia 

Luis Isique

COLUNA - Luis Isique

Data 18/02/2021
Horário 07:00

O termo cloud computing, em português brasileiro significa computação em nuvem, talvez não seja mais novidade para você, mas como essa tecnologia pode fazer seu negócio ganhar escala e ainda economizar provavelmente é.
Se você tem uma infraestrutura de TI com servidores, independente da quantidade de equipamentos servindo suas aplicações locais ou na internet, considere-se em consultar urgente um especialista em cloud computing, vou explicar alguns motivos.
Suas aplicações atendem uma demanda local com sistemas gerenciais da sua empresa, infraestrutura elétrica, ar-condicionado, profissional no local para manutenir, segurança e cópias de segurança. Colocando na ponta do lápis, provavelmente você está gastando mais do se estivesse tudo "na nuvem".
No começo do serviço tinha alguns "gargalos" que inviabilizavam levar sua aplicação para a nuvem, mas agora, além de segurança, confiabilidade e estabilidade, é possível economizar, mesmo com a alta valorização da moeda americana.
Caso o seu cenário precise de demandas altas esporadicamente, o caso é mais grave, pois você deve manter tudo funcionando para atender a demanda mesmo que seja baixa. Nesse caso, a computação em nuvem é muito mais vantajosa. Precisando de mais "potência", é só acionar as opções de elasticidade da sua infraestrutura da nuvem que, em segundos, você tem outro ou outros servidores rodando sua aplicação apenas para atender a alta demanda naquele momento. Claro que para isso você paga mais, porém, apenas naquela infraestrutura sobressalente.
O que talvez impeça você de pensar nessa nova forma de infraestrutura seja a necessidade de "ver" seus servidores no seu prédio ou até mesmo a falta de conectividade mundial (quando cai a internet ou o serviço por algum colapso mundial). Em todos os motivos que você possa imaginar sobre as desvantagens do serviço, é muito importante repensar, e caso tenha interesse, pesquise sobre o assunto, converse com quem é especialista e, mais, faça pequenos testes e vai confiando gradativamente no serviço.
Diversas aplicações que seriam impensáveis em colocar para rodar estão sendo viabilizadas com a computação em nuvem. Conheci uma pequena empresa que faz entregas de salgados em toda a região. O proprietário do negócio, com conhecimento médio em desenvolvimento de sistemas (aprendendo pela internet), desenvolveu um sistema para colocar nos veículos (motos e carros) da empresa e através de uma aplicação web, consegue monitorar em tempo real e prever o momento exato da entrega do produto no cliente. Agora vem o fato mais curioso, tudo isso a custo zero, pois tem isenção por 12 meses para "experimentar" o serviço.

Veja também