Coral Vozes Prudentinas

Grupo está em festa e se apresenta dentro da programação da Semana da Música no Teatro Paulo Roberto Lisboa, com entrada franca

VARIEDADES - OSLAINE SILVA

Data 24/11/2016
Horário 08:20
 

 

Nesta quinta-feira, em celebração aos seus 24 anos, o Coral Vozes Prudentinas apresenta, dentro da programação da Semana da Música, um especial Concerto de Aniversário. O evento comemorativo será às 20h30, no Teatro Paulo Roberto Lisboa, no Centro Cultural Matarazzo, em Presidente Prudente. A entrada é franca. Segundo a regente do grupo, Ana Rita Chizzolini, na apresentação o público poderá se encantar ouvindo, além do coral, a Orquestra de Cordas da Escola Municipal de Artes Professora Jupyra Cunha Marcondes, Cia Ricardo Gimenez de Dança e os corais: Amélia Bazan e Feminino Apampesp (Associação dos Professores Aposentados do Magistério Público do Estado de São Paulo).

Jornal O Imparcial Concerto é importante pela trajetória e realização do grupo, que nasceu em setembro de 1992 e é atuante em vários eventos

Conforme ela, no repertório especial, a capela traz: "Canções e Momentos" de Milton Nascimento, "Pequena marcha para um grande amor" (Juca Chaves), "Mercedita", "Vira, Virou" (Beto Guedes), "Baião" (Luiz Gonzaga), "Chalana" (Mário Zan e Arlindo Pinto e "Trenzinho caipira" (Heitor Villa Lobos).

Com piano, o público confere: "Só você vai me fazer feliz" (George Weiss e Hugo Pieretti), "Glória In Exelcis (Sonja Poorman), "Amore Scusami" (Pieretti) com teclado e dança, "Va Pensiero" (Giuseppe Verdi).

Com a Orquestra de Cordas, "Eu sonhei que tu estavas tão linda" (Francisco Matoso e Lamartine Babo), "Traneamus Usque Bethlehem", "Panis Angélicus" (César Franck).

E finalizando, todos os grupos juntos executam "Anel Mágico", de Marcus Viana.

 

O grupo


"Vinte e quatro anos é um filho! O grupo nasceu, cresceu e amadureceu com um repertório bem variado. É uma satisfação e realização ter sido a fundadora e desde então estar acompanhando sua evolução, fruto de um trabalho conjunto onde todos trabalham, estudam e aprendem juntos. É muito bom poder levar mensagens, por meio da música para as pessoas. Esse concerto é muito importante por nossa trajetória e realização. Convidamos todos os nossos amigos para nos apreciarem nesta quinta-feira", convida a regente.

 

História

O coral, que tem repertório sacro extenso, se apresenta em igrejas, escolas, eventos culturais e festivais por toda a cidade e região, outros Estados e também lá fora. Começou suas atividades pela própria regente Ana Rita, em 26 de novembro de 1992. Segundo ela, como projeto de coro de uma empresa e depois se tornou um grupo independente, da forma que é até hoje. Dentre as inúmeras apresentações por praticamente todo o país, foi premiado várias vezes, como por duas seguidas com o prêmio Galo de Tirol em Treze Tílias (SC).

O coral já participou também do Festival Internacional de Corais em Maceió (AL) e, neste ano, integrou em setembro o Festival Internacional de Corais em Camburiu, com outros grupos da Bahia, do Amazonas, Rio de Janeiro, Foz do Iguaçu (PR), Brasília (DF), Alagoas, coro folclórico do Maranhão, com música e roupas típicas, entre outros.

 

 

Veja também