Doação de sangue em tempos de pandemia

OPINIÃO - Elaine Negri

Data 25/06/2020
Horário 04:48

A pandemia da Covid-19 surgiu como ameaça à saúde pública causando uma desordem social, econômica, política e até mesmo humanitária na população mundial.

Como medida de redução da transmissão da infecção e do aparecimento de novos casos, diversos países aderiram ao afastamento social, estratégia útil e eficaz no controle de transmissão da doença.

No entanto, essas medidas refletiram diretamente em diversos setores da sociedade, entre os quais estão os bancos de sangue.

A queda do número de doações corresponde a aproximadamente 60% quando comparamos com a média habitual, que se justifica pelos doadores não comparecerem aos serviços por medo de se contaminarem. Além disso, estão inaptos para doação por um período de 90 dias todos os casos confirmados de Covid-19. Sendo assim, a doença apresenta-se como uma ameaça aos estoques do país, resultando em grande preocupação no suprimento de sangue.

Até o momento, não há evidências científicas sobre a transmissão de Covid-19 por transfusão de sangue. Pensando nisso, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e o Ministério da Saúde instituíram novas orientações a serem aplicadas nas triagens clínicas dos candidatos à doação de sangue a fim de garantir a segurança transfusional.

Os serviços de hemoterapia não fazem testes laboratoriais para a Covid-19, sendo de extrema importância que os doadores reportem com honestidade todas as informações solicitadas na triagem clínica.

A queda do número de doações corresponde a aproximadamente 60% quando comparamos com a média habitual

Diante da pandemia, os hemocentros adotaram medidas para garantir maior segurança aos doadores, como práticas de higiene rotineiras e implementação de medidas adicionais: incentivo ao agendamento prévio da doação de sangue, com o objetivo de evitar aglomerações, distanciamento seguro entre os doadores, intensificação da higiene das áreas, instrumentos e superfícies, fornecimento de álcool gel para todos doadores e uso obrigatório de máscara.

É fundamental que as pessoas saudáveis continuem doando sangue nesse momento, essa constitui-se uma atividade essencial mesmo em meio às medidas de combate à Covid-19.

Faça sua parte: agende uma doação e ajude a salvar vidas! 

 

 

 

 

 

Publicidade
eixosp

Veja também