Docente dá dicas de como construir currículo atrativo

Documento bem elaborado pode fazer toda a diferença para a recolocação profissional em tempos de contratação de temporários

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 26/10/2021
Horário 13:51
Foto: Freepik
Montar um bom currículo é primeiro passo para recolocação profissional
Montar um bom currículo é primeiro passo para recolocação profissional

Fim de ano se aproxima e o mercado de trabalho começa a se preparar para um dos momentos mais aquecidos da economia. Neste ano, as expectativas são altas, com a retomada econômica motivada principalmente pelo avanço da vacinação no Brasil e a melhora nos índices relacionados à Covid-19.

E essa pode ser uma boa oportunidade para a recolocação profissional. Segundo uma pesquisa realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e pelo SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), aproximadamente 105 mil vagas devem ser abertas no país até dezembro pelos setores varejista e de serviços.

Por isso, é importante estar preparado para os processos de seleção. E essa preparação vai desde um currículo bem elaborado até a forma como devemos nos comportar durante uma entrevista de emprego.

Pensando nisso, a docente do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial) de Presidente Prudente, Gracielle Oliveira Echer, separou algumas dicas de como montar um currículo atrativo:

1. Tenha atenção aos detalhes: descreva as tarefas executadas durante a trajetória profissional. É importante não só mostrar por quais empresas passou e quais os cargos ocupados como quais atividades desempenhou e ações em que foi responsável;

2. Atenha-se à verdade: nunca invente experiências e capacitações, um bom recrutador é capaz de perceber mentiras;

3. Use contatos viáveis: sempre insira contatos que permitirão respostas rápidas suas aos recrutadores;

4. Padronize a formatação do documento: ao ler o seu currículo, o recrutador precisa entender onde inicia e termina cada bloco de informações;

5. Invista no simples: na formatação do documento, seja simples e use fontes legíveis;

6. Use seus pontos fortes a seu favor: currículos de pessoas sem experiência profissional devem focar em projetos desenvolvidos em ambiente educacional e até em ações voluntárias, destacando seus pontos fortes;

7. Seja objetivo: seu currículo deve ter entre uma ou duas páginas, no máximo;

8. Cuidado com o português: um currículo não deve conter erros de gramática e ortografia;

9. Cuidado com a aparência: se entregue fisicamente, o currículo não pode estar amassado ou sujo. Se digitalmente, não pode estar desconfigurado.

Veja também