Publicidade

DRS de Prudente segue na fase laranja, mas 10 municípios da região vão para amarela

Cidades que avançaram estão enquadradas no DRS de Marília; atualização foi anunciada hoje pelo governador do Estado, João Doria

REGIÃO - THIAGO MORELLO

Data 07/08/2020
Horário 13:22
Arquivo - DRS de Prudente está na fase laranja desde o dia 6 de julho Foto: Arquivo - DRS de Prudente está na fase laranja desde o dia 6 de julho

O governo do Estado de São Paulo acaba de anunciar a 10ª atualização do Plano São Paulo, responsável por definir a retomada das atividades econômicas no território paulista, em tempos de pandemia da Covid-19. E com isso, o DRS (Departamento Regional de Saúde) de Presidente Prudente permanece na fase laranja. Contudo, 10 municípios da região, que estão enquadrados na DRS de Marília, avançam à fase amarela.

A nova colocação de todas as regiões do Estado passa a valer hoje, 8 de agosto, e dura até o dia 21 de agosto. Mas como o DRS de Prudente já estava na fase dois da flexibilização, não há mudanças. Lembrando que, a cada sete dias, ocorre uma nova atualização, toda sexta-feira, sendo assim, antes do prazo de duas semanas as coisas podem mudar, se necessário, como frisado pelo governador João Doria (PSDB).

Na fase de cor laranja, podem funcionar as atividades imobiliárias, concessionárias, escritórios, comércio e shopping centers - com 20% da capacidade de público -, além da construção civil e a indústria não essencial, que não mudaram ao longo da quarentena (sem restrição). O DRS de Prudente está nessa cor desde o dia 6 de julho.

 

Fase amarela

E como o DRS de Marília passa a operar na fase amarela, os municípios de Adamantina, Flórida Paulista, Inúbia Paulista, Lucélia, Mariápolis, Osvaldo Cruz, Pacaembu, Pracinha, Sagres e Salmourão trabalham nas próximas semanas com maior relaxamento.

Nessa etapa, os setores anteriormente citados operam com 40% da capacidade, durante um período de seis horas e possibilitando abertura de praças de alimentação, nos shoppings, desde que sejam ao ar livre ou em áreas arejadas.

A novidade fica com a possibilidade de abertura de bares, restaurantes e similares, somente ar livre ou em áreas arejadas, 40% da capacidade e expediente de seis horas por dia; salões de beleza e barbearias, também com 40% da capacidade e seis horas de expediente; academias e centro de ginásticas com 30% da capacidade, seis horas de expediente e agendamento prévio com hora marcada (somente práticas individuais); além da realização de eventos, convenções e atividades culturais, desde que tenha passado pela fase laranja por 28 dias, capacidade de 40%, expediente de seis horas e controle de acesso.

Veja também