Eleito em Rancharia, Marquinhos do Povo fala das expectativas com a gestão

Nome escolhido para ocupar o cargo de chefe do Executivo recebeu 6.949 votos (41,49%) e assumirá a partir de janeiro o município

Eleições - GABRIEL BUOSI

Data 13/12/2020
Horário 11:25
Foto: Cedida
Marquinhos do Povo venceu as eleições com 41,49% dos votos
Marquinhos do Povo venceu as eleições com 41,49% dos votos

Este diário dá sequência hoje a uma série de entrevistas com prefeitos eleitos no oeste paulista. Hoje, Marcos Slobodticov, Marquinhos do Povo (DEM), nome escolhido para ocupar a cadeira de chefe do Executivo de Rancharia a partir de janeiro, comenta sobre os desafios, a sensação de voltar ao cargo de prefeito depois de quatro anos de seu primeiro mandato e diz quais serão suas prioridades no poder público. Com 6.949 votos, o prefeito eleito venceu as eleições com 41,49% do total de votos.
Marquinhos inicia a entrevista ao afirmar que mesmo com a demora na divulgação oficial dos resultados, por causa de instabilidades no sistema da Justiça Eleitoral, receber a notícia de que ele havia sido escolhido foi gratificante, especialmente por, segundo ele, mostrar que todo o trabalho feito em campanha valeu a pena. “O sentimento com a eleição é de que o nosso povo realmente fez valer o que eles diziam, de querer a renovação e a minha volta à Prefeitura. Me sinto muito satisfeito”. 
Ele atribui ainda não somente ao peso que seu nome possui, mas também ao esforço feito por toda a equipe dele. “Nossos planos são de fazer com que Rancharia tenha um atendimento de qualidade em todos os setores, e especialmente fazer com que a saúde seja um ideal de realização e que atenda aos anseios da população, para que ela se sinta muito bem acolhida”. Com focos especialmente em relação à pandemia da Covid-19 e aos casos de dengue, que “aumentaram expressivamente” neste último ano.
Ele mencionou ainda a importância da Câmara Municipal para o trabalho em equipe e ressaltou que o desafio agora será “agregar” as pessoas que foram contrárias à campanha, e fazer com que elas venham a conhecer melhor o trabalho que está por vir. “Estou preparado por já ter sido prefeito. Fiquei fora por quatro anos e isso me permitiu amadurecer e ver como funcionam as coisas, mas com o olhar de fora, para corrigir e fazer um trabalho de excelência”, considera.

Veja também