Em Lyon, 3 velocistas de PP disputam Mundial

Trata-se dos velocistas André Luiz Garcia de Andrade e Thierb da Costa Siqueira.

Esportes - Jean Ramalho

Data 18/07/2013
Horário 11:05
 

A cidade francesa de Lyon recebe de amanhã até o próximo dia 28 deste mês, sob a organização do Comitê Internacional Paralímpico (IPC, na sigla em inglês), o Campeonato Mundial de Atletismo 2013. Convocados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), a Associação de Desporto Adaptado de Presidente Prudente (Adapp)/Unesp, de Presidente Prudente, terá dois representantes na competição.

Trata-se dos velocistas André Luiz Garcia de Andrade e Thierb da Costa Siqueira. Além deles, Jerusa Geber dos Santos, que treina em Prudente, mas defende o Clube Amigos dos Deficientes (CAD), de São José do Rio Preto, também encara as disputas pela seleção brasileira da modalidade.

Há uma semana em Paris, na França, onde realizam a aclimatação juntamente com os outros 32 convocados pela CPB para a competição, os representantes regionais disputarão sete provas no Mundial. Após vencer a prova dos 400 metros rasos, classe T12, para deficientes visuais, com a marca de 52s08, na primeira fase nacional do Circuito Brasil Paralímpico Caixa Loterias de Natação e Atletismo, realizado em 8 e 9 de junho, no Complexo Poliesportivo do Ibirapuera, em São Paulo, Thierb da Costa Siqueira embarcou para Berlim, na Alemanha, onde disputou o 35º Aberto Internacional, último desafio dos brasileiros antes do Mundial.

 

Treino intenso


De volta para o Brasil, o para-atleta retomou os treinamentos na pista de atletismo Mário Covas da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista (FCT/Unesp), sob o comando o técnico Isaque Augusto. Em Lyon, o velocista corre os 400 e 800 m rasos T12.

Vindo de uma prata na prova dos 100 m rasos, classe T13, para deficientes visuais com 15% de visão, no Circuito Brasil, André Luiz Garcia de Andrade, entra na pista e encara os 100, 200 e 400 m rasos. Já Jerusa Geber dos Santos disputa os 100 e os 200 m rasos, na classe T11, composta por para-atletas com cegueira total.

 

Veja também