Em ofício a Doria, Ed Thomas contesta reclassificação da região no Plano São Paulo

Prefeito de Prudente argumenta que, na data do anúncio, 10ª RA apresentava indicadores suficientes para seguir à fase amarela

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 26/01/2021
Horário 19:18
Foto: Cedida
Ed Thomas entregou cópia do ofício ao secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi
Ed Thomas entregou cópia do ofício ao secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi

Em encontro com o secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, no Palácio dos Bandeirantes em São Paulo (SP), o prefeito de Presidente Prudente, Ed Thomas (PSB), entregou uma cópia do ofício assinado por ele e pelo presidente em exercício da Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema), Jorge Duran Gonçalez, em que pedem a reconsideração do rebaixamento da 10ª RA (Região Administrativa) do Estado de São Paulo para a fase vermelha do Plano São Paulo.

No documento, endereçado ao governador João Doria (PSDB), Ed argumenta que, na data do anúncio de reclassificação, Prudente e região apresentavam índices de ocupação de leitos compatíveis com a fase laranja do referido plano. Além disso, pontua que os indicadores de novos casos por 100 mil habitantes, novas internações por 100 mil habitantes e novos óbitos por 100 mil habitantes seriam suficientes para colocar a 10ª RA na fase amarela.

Além de todas as questões de ordem técnica, o chefe do Executivo prudentino salienta “que a situação regional deverá ser melhorada quando o Estado de São Paulo implantar os prometidos novos 20 leitos, o que ocorrerá, por certo, muito em breve dado o seu caráter de urgência”. A Unipontal, entidade coautora do ofício, representa 32 municípios da região.

O encontro entre Ed Thomas e o representante do governo paulista ocorreu durante o evento de apresentação do Programa Pontal 2030, cuja ideia é promover ações a fim de potencializar a região do Pontal do Paranapanema nos próximos 10 anos.

Veja também