Estoques de sangue estão em níveis de alerta em Prudente

Desde o início da pandemia, bancos de sangue enfrentam quedas nos números de doações, em virtude da crise pandêmica do novo coronavírus

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 30/05/2021
Horário 09:15
Foto: Weverson Nascimento
Doação de sangue segue protocolos rígidos que garantem segurança do candidato frente à Covid-19
Doação de sangue segue protocolos rígidos que garantem segurança do candidato frente à Covid-19

O gesto de doar sangue é também o de doar vida. No entanto, este diário noticiou algumas vezes, desde o início da pandemia, que os bancos de sangue de Presidente Prudente enfrentam quedas nos números de doações, em virtude da crise pandêmica do novo coronavírus. A situação, inclusive, se entende até os dias de hoje nos principais núcleos de hemoterapia do município. As unidades fazem uma alerta sobre a importância de continuar doando, uma vez que a utilização de sangue doado continua sendo feita mesmo com a pandemia.
Por meio de nota, o Núcleo de Hemoterapia do Hospital Regional Doutor Domingos Leonardo Cerávolo, de Presidente Prudente, de Presidente Prudente, informa, que, desde o mês de março de 2020, houve queda de 30% a 40% nas doações de sangue na unidade. “Enquanto em janeiro e fevereiro do ano passado havia uma média de 1,1 mil bolsas coletadas mensalmente, hoje estamos com cerca de 900”, pontua.
A unidade reforça que todos os tipos sanguíneos são importantes, porém, aqueles de RH negativo esgotam-se primeiro, porque são mais raros na população. “Por ser referência para atendimentos de média e alta complexidade para 45 municípios que compõem o DRS-11 [Departamento Regional de Saúde], dependemos de doações de sangue para o tratamento de diversas doenças, inclusive, do uso de plaquetas para casos graves e cirúrgicos”, reforça.
O Hemocentro anexo à Santa Casa de Misericórdia de Prudente também aponta uma queda na doação de sangue. “A nossa demanda é de 1,5 mil bolsas mensais. No mês de março só conseguimos 830 bolsas”, detalhou, por meio de nota. “É muito importante que as pessoas colaborem com o hemocentro, pois as transfusões continuam em alta”, acrescenta.
O Instituto Rh - Hematologia Hemoterapia destaca que tem realizado campanhas de convocação de doadores nas redes sociais, nos hospitais, clínicas e juntamente com os familiares dos pacientes que precisam de transfusão, além de contar com o apoio de toda sociedade civil, mas também detalha uma queda no número de candidatos à doação. Atualmente, o Instituto Rh atende hospitais e clínicas como o HRCPP (Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente) e, por isso, a demanda tem se mantido alta. “A demanda por transfusões está alta, em contrapartida o número de candidatos à doação está baixo”, reforça a unidade.
Para assegurar a efetividade da doação, os três núcleos de hemoterapia seguem todas as orientações e protocolos do Ministério da Saúde, como disponibilizar álcool em gel em suas dependências, seguir o distanciamento social recomendado e assegurar o uso obrigatório de máscaras aos doadores e colaboradores. 

Novos requisitos

Além dos requisitos já conhecidos para doação de sangue, como estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos, e pesar no mínimo 50 kg, atualmente, diante da vacinação contra o novo coronavírus, a pessoa precisa ficar temporariamente, por um breve período, impedida de doar sangue. A recomendação dos três núcleos de hemoterapia para quem se imunizou com a Coronavac (produzida pelo Instituto Butantan) é de que aguarde 48h para realizar a doação de sangue, já para aqueles que receberam a Oxford/AstraZeneca (produzida pela Fiocruz [Fundação Oswaldo Cruz]), a recomendação é que se espere sete dias. 

SERVIÇO
O Banco de Sangue do Hospital Regional está localizado na Rua José Bongiovani, 1297. O funcionamento dele se dá todos os dias, inclusive, aos sábados, domingos e feriados, das 7h às 17h. O Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente, anexo à Santa Casa, funciona na segunda, terça, quinta e sexta, das 8h às 11h e das 13h às 17h; às quartas, das 8h às 11h e das 13h às 19h; e aos sábados, das 7h às 11h. O Instituto Rh recebe doações de segunda a sexta, das 7h às 16h. A unidade pode ser acessada através da Avenida Coronel Marcondes, 2.063 ou pela Rua Joaquim Nabuco, 1370. 

Veja também