Governo estadual antecipa segunda dose da Pfizer nos municípios paulistas

Período será reduzido de 12 para 8 semanas; quem já recebeu a 1ª poderá concluir esquema quatro semanas antes do prazo indicado na carteira

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 22/09/2021
Horário 14:18
Foto: Governo do Estado de São Paulo
Nova estratégia poderá ser realizada a partir desta sexta
Nova estratégia poderá ser realizada a partir desta sexta

O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta quarta-feira a antecipação de 12 para 8 semanas do intervalo de aplicação da segunda dose da vacina contra Covid-19 da Pfizer. A confirmação da medida ocorreu durante evento para selar acordo de fornecimento de 2,5 milhões de doses da vacina do Instituto Butantan para os estados do Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará e Piauí. Quem já recebeu a primeira dose do imunizante da Pfizer poderá concluir seu esquema vacinal quatro semanas antes do prazo inicialmente indicado na carteira de vacinação.

"O governo de São Paulo tomou a decisão de antecipar a vacinação na mesma linha dos governadores que aqui estão. Todos estão comprometidos com a ciência. Desde o início da pandemia, defenderam a ciência, se expondo publicamente na tomada de medidas para a proteção da vida de seus cidadãos", disse Doria.

A nova estratégia definida pelo PEI (Plano Estadual de Imunização) poderá ser realizada a partir desta sexta-feira pelos 645 municípios. Conforme balanço da campanha, 6,9 milhões de pessoas já imunizadas com a primeira dose serão beneficiadas com esta redução de tempo de espera.

Para reforçar as orientações à população, a Secretaria de Estado da Saúde e a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo) estão reprogramando o disparo de mensagens de texto pelo celular (SMS) e e-mail com informações sobre esta medida, intensificando a recomendação para consulta aos cronogramas das cidades de residência e conferir a sua carteira de vacinação.

Cada cidadão que já recebeu a primeira dose da Pfizer poderá conferir sua carteirinha para verificar a nova previsão de retorno ao posto, contando em seu calendário 28 dias antes da data até então sinalizada para receber a segunda dose.

"A partir de hoje, cerca de 2 milhões de doses estão sendo enviadas aos 645 municípios do Estado para que a gente possa fazer antecipação e a conclusão do esquema vacinal", explicou a coordenadora do PEI, Regiane de Paula.

Veja também