Grupo debate aplicação da  Lei Aldir Blanc em Prudente 

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 06/08/2020
Horário 07:00
Cedida - Primeira reunião do grupo de trabalho foi realizada ontem, no Matarazzo
Cedida - Primeira reunião do grupo de trabalho foi realizada ontem, no Matarazzo

O Centro Cultural Matarazzo sediou ontem, a primeira reunião do grupo de trabalho para planejamento das primeiras ações referentes à Lei Emergencial Cultural Aldir Blanc, a Lei Federal 14.017/2020. Na ocasião, o grupo expôs que pretende criar uma plataforma virtual com informações e formulários para o cadastramento de artistas, trabalhadores da cultura, espaços culturais, festivais, atividades e projetos. O titular da Secretaria Municipal de Cultura, Paulo Silvio da Costa Sanches, diz que “com a criação do portal, além do acesso às informações on-line, pretendemos disponibilizar também o cadastramento presencial aos trabalhadores da cultura que não têm acesso à internet”, emenda.
Participaram da reunião Fernando César de Brito e Thayane Mendes, representantes do Conselho Municipal de Políticas Culturais; Luiz Paulo Valente e Francisco Alves da Luz, representantes da sociedade civil organizada; e Denilson Biguete e Adolfo Tiago Ferreira, servidores da Secretaria Municipal de Cultura.

Veja também