HRCPP realiza 1ª neurocirurgia da instituição

Tratou-se da abordagem de uma metástase vertebral, descomprimindo canal na medula da paciente

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 10/07/2020
Horário 18:37
HRCPP - Procedimento faz parte da transferência dos atendimentos oncológicos da Santa Casa para a unidade oncológica Foto: HRCPP - Procedimento faz parte da transferência dos atendimentos oncológicos da Santa Casa para a unidade oncológica

Ocorreu na manhã de hoje a primeira neurocirurgia do Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente. O procedimento foi realizado por Rodrigo Ferrari Fernandes Naufal e Felipe Gaia, neurocirurgiões do HRCPP, junto a uma equipe multidisciplinar.

"Foi a abordagem de uma metástase vertebral, descomprimindo o canal que estava promovendo uma certa compressão na medula da paciente, causando o risco dela desenvolver déficit motor nos quatro membros", explicou o neurocirurgião.

O profissional explica que, para esse primeiro procedimento, optou-se por realizar uma cirurgia da coluna vertebral, pois dentro desse procedimento não há a necessidade do uso do microscópio cirúrgico. O HRCPP já adquiriu instrumentais de alta tecnologia para realizar procedimentos que abordem lesões intracranianas, entretanto, ainda não chegaram ao hospital.

"Fica evidente que o HRCPP é uma realidade dentro de cirurgias de alta complexidade, como as cirurgias neurológicas, as quais poderemos abordar lesões profundas do encéfalo, com muita segurança para o paciente no intuito de garantir a remoção dessas lesões, sem a ocorrência de sequelas", aponta Rodrigo Ferrari.

Segundo o HRCPP, esse procedimento faz parte dos atendimentos que foram transferidos da Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente para a instituição. Os procedimentos são custeados via SUS (Sistema Único de Saúde), entretanto, os materiais/instrumentais de alta tecnologia que garantem a eficiência da cirurgia, são adquiridos com recursos de doações da comunidade.

"Por essa razão, o hospital continua solicitando apoio da comunidade para garantir o melhor tratamento para os pacientes. Possuímos uma verba do SUS que chega até nós via santa casa, visto que não possuímos credenciamento autônomo, mas o valor não é suficiente para avançarmos. Quem puder ajudar, seja com R$ 2, R$ 10, R$ 15, será eternamente agradecido por nossa instituição", destaca o HRCPP.

Interessados podem ajudar o HRCPP doando para uma vaquinha online, disponível no link a seguir: http://vaka.me/1075682.

Veja também