Humor do Millôr - "A Vaca" - Millôr Fernandes

O Espadachim, um cronista que só pega no tranco

OPINIÃO - Sandro Villar

Data 04/07/2020
Horário 05:00

A vaca é um bicho de quatro patas que dá carne de vaca.

Tem um rabo pra espantar as moscas e uma cara muito séria de quem está fazendo sempre essa coisa importante que é o leite.

O marido da vaca é intitulado boi.

A vaca tem dois estômagos e por isso fica sempre com a comida indo e vindo na boca que, quando a gente faz, a mamãe diz que porcaria!

Já vi ordenhar vaca, que é quando ela faz aquela cara fingindo que não está gostando nada.

Vaca dizem que já custa muito cara viva, agora no açougue custa muito mais, e em bife então nem se fala.

A professora ensina que ela dá leite, mas nas horas de tirar é que a gente vê que ela dá, mas custa.

Vaca só se alimenta de grama e daí eu não sei por que o leite não é verde.

Se a gente fica perto ela fica olhando com olhar de que a gente fez alguma coisa com ela e que está muito magoada.

Eu acho que todas as vacas vieram dos Estados Unidos porque ainda não perderam o jeitão de quem masca chiclete.

 

DROPS DO MILLÔR

Gozado é galope de vaca.

Se você não consegue realizar seus sonhos realize pelo menos os seus pesadelos.

Os grandes meios de comunicação foram inventados quando ninguém tinha mais nada para dizer.

O passado não passa.

90% das pessoas do mundo são idiotas, e nos 10% que restam está cheio de idiotas também.

Jornalismo é oposição. O resto é armazém de secos e molhados.

Só conheço um afrodisíaco - mulher.

Caravana é uma praga de viajantes (sobre novos coletivos).

Baco é um deus inventado pelos bêbados.

O pior cego é o que vê tevê.

 

P.S.: Já que o Millôr mencionou a televisão, lembro que a programação, que já não era lá essas coisas, piorou ainda mais com a pandemia. Muita besteira! Não entendo como tem gente que perde tempo assistindo a essas bobagens. Filmes, quase todos açucarados ou violentos, são repetidos à exaustão.

De bom mesmo destaco algumas reportagens nos telejornais, mas o restante é de lascar. Tão grave quando a falta de dinheiro é a falta de criatividade em qualquer setor, não apenas na Mídia.

Veja também