Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo

Diocese Informa

COLUNA - Diocese Informa

Data 31/10/2021
Horário 05:58

A atual realidade eclesial me fez recordar da fala do então professor de teologia, Joseph Ratzinger, em 1969. Ao finalizarmos o mês missionário, trago um trecho de uma de suas falas. Dizia ele há 52 anos: “O futuro da Igreja, [...] será remodelado pelos santos, [...] por aqueles [...] que veem mais do que os outros veem, porque suas vidas abraçam uma realidade mais ampla. [...] O que permanecerá é a Igreja de Jesus Cristo, a Igreja que crê no Deus que se tornou homem e nos promete vida além da morte. [...] Da crise de hoje surgirá a Igreja do amanhã – uma Igreja que perdeu muito. Ela vai se tornar pequena e terá que começar de novo mais ou menos desde o início. [...] A Igreja encontrará de novo a sua essência e com convicção naquilo que sempre esteve no seu centro: a fé no Deus Trino, em Jesus Cristo, o Filho de Deus feito homem, na Presença do Espírito até o fim do mundo. Na fé e na oração ela reconhecerá novamente os Sacramentos [...]. A Igreja será uma Igreja mais espiritual [...]. A fará pobre e fará com que ela se torne a Igreja dos mansos. [...] Um grande poder fluirá de uma Igreja mais espiritualizada e simplificada. [...] Descobrirão o pequeno rebanho de crentes como algo totalmente novo. Eles a descobrirão como uma esperança para eles, uma resposta a qual sempre procuraram em segredo. [...] Vai desfrutar de um frescor e um reflorescimento e será vista como Casa do homem, onde ele vai encontrar vida e esperança para além da morte”. Sejamos dóceis ao apelo do Santo Espírito para os nossos dias. Sermos bons filhos é recebermos com obediência as orientações de nossa boa e amada Santa Mãe Igreja. Que não nos falte Amor.  (Autor: Padre Rafael Moreira Campos).

MINI SERMÃO:
31º Domingo do Tempo Comum (Mc 12,28b-34)

Somente quem entender que Deus é amor será capaz de amar. O amor de Deus não é identificado por participação em atos de adoração. Não é assim que o Senhor quer que o Amor seja manifestado. O amor que Deus espera não é uma declaração de afeto feita com os lábios. Amar é adesão total a Deus e, passa pela vida do irmão. Amar a Deus de todo o coração significa dar-Lhe o controle de todas as escolhas. É possuir um coração indiviso. Se for o Senhor que enche seu coração, não precisa de mais nada. O amor é o maior dos mandamentos, o resto é apenas comentário! O amor é imensamente mais precioso e agradável a Deus do que qualquer oferta. A tese da vida é amar! (Autor: Padre Rafael Moreira Campos).

AGENDA PAROQUIAL: Paróquia Nossa Senhora de Fátima - Presidente Venceslau
Missas:

Sábado, às 19h - Igreja Matriz;     
Domingo, às 8h - Capela Nossa Senhora Aparecida | 9h30 e 19h – Igreja Matriz

MENSAGEM DO PAPA:

Jesus ensinou de uma vez para sempre que o amor a Deus e o amor ao próximo são inseparáveis, aliás, mais ainda, que se sustentam um ao outro. Não obstante sejam postos em sequência, eles são os dois lados de uma única medalha: vividos juntos, são a verdadeira força do crente! Amar a Deus significa viver d’Ele e para Ele, por aquilo que Ele é pelo que Ele faz. E o nosso Deus é doação incondicional, é perdão ilimitado, é relação que promove e faz crescer. Por isso, amar a Deus quer dizer investir todos os dias as próprias energias para sermos seus colaboradores, servindo de modo incondicional o nosso próximo, procurando perdoar de forma ilimitada e cultivando relações de comunhão e de fraternidade. Próximo é a pessoa que eu encontro no caminho, nos meus dias. Não se trata de pré-selecionar o meu próximo: isto não é cristão. Trata-se de ter olhos para o ver e coração para desejar o seu bem. Se nos exercitarmos para ver com o olhar de Jesus, colocar-nos-emos sempre à escuta e ao lado dos carenciados. Certamente, as necessidades do próximo exigem respostas eficazes, mas antes ainda requerem partilha. Deus, que é amor, criou-nos por amor e para que possamos amar os outros, permanecendo unidos a Ele. Seria ilusório pretender amar o próximo, sem amar a Deus; e seria igualmente ilusório pretender amar a Deus, sem amar o próximo. As duas dimensões do amor caracterizam o discípulo de Cristo. (Fonte: www.vatican.va/content/francesco/pt/homilies/2018)

Padre Rafael Moreira Campos
Adm. Paroquial Paróquia Nossa Senhora de Fátima – Pres. Venceslau/SP
"Ouse ser o melhor. Ame!"
Instagram @padrerafaelmoreira
Facebook www.facebook.com/rafaelmoreiracampos
Informações: Cúria Diocesana (18) 3918-5000
 

Veja também