Inova busca solidificar parceria com universidades da região

Ação visa intermediar as necessidades e os recursos do setor privado, junto à mão de obra especializada das universidades, com o intuito de lançar editais de fomento à inovação

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 05/03/2021
Horário 05:16

Com o objetivo de unir a iniciativa privada, as universidades e o governo, a Fundação Inova Prudente, através do seu diretor presidente, Diego Andreasi, começou a realizar nesta semana algumas visitas para apresentar as primeiras propostas de editais de fomento à inovação junto à iniciativa.
Tal ação, que é conhecida na literatura como “tríplice hélice”, pretende intermediar as necessidades e os recursos do setor privado, junto à mão de obra especializada dos pesquisadores das universidades, com a finalidade de lançar editais de fomento à inovação.
Em visita à Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), Andreasi conversou com o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Adilson Eduardo Guelfi, para explicar quais serão os possíveis trâmites que estes editais deverão seguir nas próximas semanas. De acordo com Adilson, esse tipo de parceria é importante e é um incentivo para toda a cadeia de inovação, pois “possibilita com que a Unoeste atue em uma das suas principais funções, que é a pesquisa em desenvolvimento e inovação”, afirma.
Já Andreasi destaca que a expertise da produção científica universitária é fundamental na criação de produtos inovadores, capazes de atender as diferentes demandas, como a que está em andamento a pedido do grupo empresarial de distribuição, geração, serviços e comercialização de energia elétrica.
Quem também recebeu a visita do diretor da Inova Prudente foi a Toledo Prudente Centro Universitário. Em reunião com a reitora da instituição, Zelly Pennacchi Machado, em companhia do coordenador de tecnologia, inovação e empreendedorismo, Alisson Fernando Coelho do Carmo, Andreasi pôde explicar em detalhes como pretende operar a tríplice hélice em conjunto com os professores e alunos da Toledo.

Em busca de parceiros

Segundo Andreasi, a Fundação Inova está buscando parceiros da iniciativa privada para lançar editais, com o intuito de criar produtos inovadores e resolver os desafios destas empresas. “Esse é o objetivo do centro de inovação, intermediar a necessidade da iniciativa privada com as universidades”.
Na ocasião, Zelly afirmou que existe uma sinergia entre as duas instituições a fim de realizar projetos e/ou ações que envolvam a comunidade para o desenvolvimento econômico, possibilitando ganhos tecnológicos e inovadores.
Já para Alisson, a interação com a Inova Prudente sempre foi muito benéfica em ambas às partes. “A Inova sempre foi um parceiro criativo nesse processo de construção. Ela é fundamental para aproximar e alinhar as universidades ao mercado” elogia.
Além disso, o coordenador afirma que as possiblidades de editais, inovação e pesquisas dada pelo diretor da Inova foram muito boas. “Para a Toledo é muito bom fazer parte do ecossistema da inovação. Nós estamos muito felizes em conseguir oferecer mão de obra qualificada e tenho certeza que, unindo forças com a Inova, vai ser potencializado ainda mais”.

SAIBA MAIS
Ao longo dos próximos dias, o diretor da Fundação Inova pretende visitar as demais instituições de ensino de Presidente Prudente, sempre com o mesmo objetivo, fomentar e incentivar a inovação na região.

Veja também