Levantamento de peso olímpico

Jair Rodrigues Garcia Júnior

Nas academias de musculação é muito comum o levantamento de pesos livres e de peso fixados em equipamentos de alavancas, cabos e polias. Mas você já se imaginou levantando uma barra com 50% até 140% de seu próprio peso corporal do chão até acima da cabeça? Parece algo inusitado e até desnecessário, mas há muitos benefícios envolvidos neste complexo movimento.

               

Esporte antigo

Em 1896, nas primeiras olimpíadas da era moderna, houve apenas nove esportes em disputa e um deles foi o halterofilismo. Naquela ocasião havia a modalidade de levantamento do peso com ambas ou apenas uma das mãos. Desde então, foi um dos esportes que permaneceram na programação das olimpíadas em todas as edições.

 

Esporte atual

Hoje, esse esporte é denominado de LPO (Levantamento de Peso Olímpico) para ficar diferenciado de outros levantamentos, como a própria musculação. Porém, de fato nunca se popularizou, ficando restrito a poucos praticantes e apenas em grandes centros no Brasil. Em outros países o LPO é praticado há décadas, também como treinamento auxiliar para outros esportes.

 

Em evidência

Há oito anos o CrossFit aportou no Brasil, vindo dos EUA. Como o LPO faz parte dos exercícios deste tipo de treinamento, começou a aparecer para um público mais amplo. Juntamente com os exercícios ginásticos, o LPO caiu no gosto dos praticantes, que até começaram a acompanhar também as competições de “LPO puro”.

 

Movimentos

Os dois movimentos das competições de LPO são o snatch (arranco) e o clean and jerk (arremesso). O primeiro consiste em tirar a barra do chão e elevar acima da cabeça em um único movimento até o corpo ficar totalmente alinhado. O segundo consiste em dois movimentos: primeiro a barra é elevada até os ombros e depois acima da cabeça. No treinamento de LPO e de CrossFit são realizados vários outros movimentos que preparam o córtex motor e os músculos para a melhor execução do snatch e do clean and jerk.

 

Benefícios

Ao contrário do que possa parecer, o LPO pode ser praticado por qualquer pessoa, de crianças até idosos. No treinamento são realizados vários exercícios com um tubo de PVC de 1,5m que pesa 500 g (gramas). Acreditem, isso já é bem eficiente e cansativo. As barras oficiais de LPO pesam 15kg (mulheres) e 20kg (homens), mas para iniciantes há barras mais leves. Os movimentos exigem aprendizagem e contínuo aprimoramento da técnica. As capacidades físicas de flexibilidade, equilíbrio, precisão, coordenação, velocidade, agilidade, força, potência e resistência muscular localizada são todas bastante desenvolvidas no LPO. Apesar de não serem objetivos originais do LPO, o elevado gasto energético proporcionado auxilia no emagrecimento, enquanto os pesos provocam hipertrofia muscular. Vale experimentar.

 

O LPO pode ser praticado por qualquer pessoa, de crianças até idosos

 

Veja também