Lucas Porto fatura 2 pódios no CIJJ

Conquista do atleta da Academia Heal-Fit foi no último fim de semana, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP)

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 17/12/2020
Horário 20:14
Foto: Cedida
Machadense (à esq.) sagrou-se campeão no Juvenil Azul - acima de 91kg e também no absoluto 
Machadense (à esq.) sagrou-se campeão no Juvenil Azul - acima de 91kg e também no absoluto 

Sonhar não custa nada, né? Mas, se não correr atrás eles podem ficar somente ali, em uma noite de sono, ou girando em sua imaginação. Agora, quando se sonha e busca fazer aquilo acontecer, se tornar real... Aí é outra história! Que o diga o machadense de apenas 16 anos, lutador de judô e jiu-jitsu, Lucas Porto Rodrigues, que acaba de conquistar mais duas medalhas de ouro para a sua coleção! 
A conquista do atleta da Academia Heal-Fit foi no último fim de semana, no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), no Jiu-Jitsu CIJJ (Circuito Interior de Jiu-Jitsu), onde ele sagrou-se campeão no ranking da categoria Juvenil Azul - acima de 91kg (quilos) - e também no absoluto (sem limites de peso) Juvenil Azul.
“É revigorante bater essa meta que me foi dada para cumprir e voltar com duas medalhas de ouro. E ganhar um quimono no absoluto foi uma experiência incrível, pois ainda não estou muito acostumado a essas lutas. Comecei há pouco tempo. Agora é continuar treinando para conquistar mais e mais ano que vem. E se Deus quiser logo estarei competindo mundo afora como, por exemplo, no Europeu de Jiu-jitsu!”, sonha alto o jovem lutador, que entende o recado de seus mestres: “Missão dada, missão cumprida!”.

“O ESPORTE TRÁS CULTURA, BEM-ESTAR E MUITA DISCIPLINA PARA AS CRIANÇAS. TENDO ASSIM, UMA MELHOR RELAÇÃO FAMILIAR, SOCIAL, E, CONSEQUENTEMENTE, ABRINDO VÁRIAS PORTAS PARA O SEU FUTURO!”
Lucas Porto

Esta foi a primeira competição oficial que Lucas participou nesse período de flexibilização do Plano São Paulo, por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus.
Lucas, que é patrocinado pela Matsuda, pede ao empresariado que reflita com carinho na possibilidade de investir em um atleta, pois o esporte salva vidas. Tira crianças das ruas. Jovens do mundo das drogas, adultos já tomados pelo crime. Melhora a qualidade de vida não somente do esportista, mas de sua família também!
“O esporte trás cultura, bem-estar e muita disciplina para as crianças que adentram nesse mundo. Tendo assim, uma melhor relação familiar, social, e, consequentemente, abrindo várias portas para o seu futuro!”, exclama Luca Porto.

Foto: Cedida

“É revigorante bater essa meta que me foi dada e voltar com duas medalhas de ouro”, diz Lucas

Veja também