Maria Helena é Memória Esportiva da Semepp

Há 26 anos na pasta, a telefonista que também é secretária é a personagem que ilustra hoje este espaço de esportes, deste jornal diário

Esportes - DA REDAÇÃO

Data 10/07/2020
Horário 07:01
Foto:

Mais uma telefonista, que também é secretária da Semepp (Secretaria Municipal de Espoprtes), é agraciada com a lembrança e reconhecimento por seus trabalhos, na pasta. Maria Helena de Souza Sobreiro é a homenageada de hoje! Mulher especial, ela que é casada com Rafael Sobreiro tem quatro filhos  de sangue, André, Elaine, Viviane e Mariana. E mais três do coração Juliana, Leandro e Fernanda. Aquelas pessoinhas que enchem o coração de tanto amor, os netos, ela tem quatro, Jefferson e Julia, Bruno e Manuela. 

Maria Helena está na Semepp  há 26 anos, desde quando ainda era denominada Amepp (Autarquia Municipal de Esporte). Nestas mais de duas décadas e meia, ela já exerceu várias funções dentro da pasta, sendo que durante os três primeiros anos seu primeiro cargo foi nas piscinas do Centro Olímpico, onde sua responsabilidade era a limpeza dos vestiários.

“No meu trabalho só tenho a agradecer, pelas conquistas e oportunidades que me proporcionaram. Sempre fui abençoada com pessoas que me ensinaram muito. Agradeço a todos que acreditaram no meu potencial desde o diretor Luiz Antonio Zampieri até o Claudinei Quirino da Silva que mais que secretário é amigo de todos nós. Ele nos ensinou a trabalhar em conjunto em prol da secretaria, e isso fez a diferença”, destaca Maria Helena.

Claudinei Quirino diz que tem orgulho da funcionária. “Estou na Semepp há quase quatro anos, e posso dizer que encontrei na Maria Helena uma funcionária especial que exerce o seu trabalho com muita dedicação e carinho. Sei de toda sua disponibilidade realizando várias tarefas, e por isso merece toda nossa gratidão. Além de grande profissional é uma pessoa maravilhosa que todos gostam e admiram aqui na secretaria”, exalta secretário.

 

Pessoas fazem a diferença na vida da gente

Maria Helena recorda quando em 1997 o diretor Luiz Antonio Zampieri precisava de alguém para o almoxarifado, e deu a incumbência a ela de colocar em ordem o estoque em trinta dias. Se conseguisse o cargo seria seu.

“Consegui dar conta do recado e ali permaneci até a mudança de Amepp para Semetur [Secretaria  de Esporte e Turismo]. Com essa mudança muitos funcionários foram transferidos, e novamente tive um desafio, fazer curso de Departamento de Pessoal”, lembra Maria Helena que na época que buscou o Senac (Serviço Nacional do Comércio) o que possibilitou a “promoção”.

Depois disso ela foi secretária de Luiz Eduardo Kun Minuci  quando este foi nomeado diretor de Esportes. Na sequência o oficial de gabinete Jarciro Aleixo Junior se afastou para ir para o Japão, e ela foi convidada para ficar em seu lugar,  como secretária de Adolfo Padilha. Mais adiante do sucessor Jackson  Barros onde ela permaneceu por mais seis anos, e por conta de muitos problemas de saúde, precisou passar por processo de readaptação.

No mandato de  Edson Pelagio, ela foi transferida para o Departamento de Esportes, onde trabalhou com Maria Cristina Madeiral Netto, a Tute, na época coordenadora de Esportes. “Quando a Tute passou a Secretária de Esportes, fui secretária do diretor de Esportes, Professor Natinho [Fortunato D’Antonio Ronchi], até a sua saída quando voltei para auxiliar na Secretaria Geral. Quando saiu minha readaptação passei a telefonista, onde estou e no mandato do secretário Claudinei Quirino da Silva”, explicou a funcionária. (Colaboração Marcos Chicalé)

Foto: Arquivo Pessoal

Maria Helena e sua grande família de sangue e de coração!

Veja também