Menino de 1 ano morre depois de ser atropelado

Os depoimentos serão agendados pelo delegado que preside a investigação na CPJ.

PRUDENTE - Mellina Dominato

Data 07/05/2014
Horário 08:29
 

Um inquérito policial foi instaurado na CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Presidente Prudente para investigar as circunstâncias do atropelamento que resultou na morte de um menino, de 1 ano e 8 meses. O fato se deu anteontem, no Residencial Florenza, onde o garoto foi atingido, em uma via pública, por uma van escolar, que foi buscar seu irmão mais velho, 3, para ir à escola. Antenor Pavarina, delegado assistente da Delegacia Seccional, informa que o depoimento dos envolvidos, - o motorista do veículo e a avó que cuidava da criança -, serão agendados. O procedimento deve ser encerrado em 30 dias. O caso foi registrado como homicídio culposo.

Pavarina esclarece que o inquérito vai apurar as circunstâncias em que o fato ocorreu e se cabe responsabilidade penal aos envolvidos. "Será apurado se houve imprudência, negligência ou imperícia por parte do motorista ou ação relevante na conduta da avó, que cuidava das crianças no momento do atropelamento", pontua. Os depoimentos serão agendados pelo delegado que preside a investigação na CPJ.

 

Trabalho de apuração


No fim da manhã de anteontem, a van escolar foi buscar o irmão da vítima em frente à residência onde vivem e, enquanto o mais velho embarcava, o mais novo se dirigiu para frente do veículo. Ao sair, o motorista não teria percebido a presença do menino, que foi atropelado. O garoto foi levado para a Santa Casa de Misericórdia, onde recebeu atendimento. Porém, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Após o acidente, o local do atropelamento passou por análise de uma equipe da Polícia Técnico-Científica. O corpo do menino também passou por exame necroscópico. Os laudos das perícias agora são aguardados pela Polícia Civil, para dar prosseguimento aos trabalhos de investigação.

 

 

Veja também