Não existe desculpa para não se vacinar!

EDITORIAL -

Data 30/06/2021
Horário 04:15

A Covid-19 ainda não deu trégua. Em um ano e três meses de pandemia, o Brasil já perdeu mais de 513 mil vidas e ultrapassou a marca de 18,4 milhões de casos da doença. A esperança de que tudo melhore está única e exclusivamente na vacina. Até que grande parte da população brasileira não seja totalmente imunizada, devemos manter as medidas sanitárias impostas pelas autoridades de saúde, como o distanciamento social e o uso de máscara e álcool em gel.
No fim de semana, uma boa notícia chegou ao oeste paulista: 5,3 mil doses da vacina da Janssen, da Johnson & Johnson, distribuídas entre o GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) de Presidente Prudente, com 3,3 mil; e o GVE de Presidente Venceslau, com 2 mil.
Aos poucos as vacinas têm chegado por aqui. Já são quatro disponibilizadas no país. Além da Janssen, que é de dose única, temos ainda em uso a Coronavac, a Astrazeneca/Oxford e a da Pfizer/BioNTech, todas elas com a necessidade de duas aplicações para garantir a eficácia do imunizante.
Em Prudente, mais de 101,2 mil pessoas já tinham tomado a primeira dose e 38,7 mil a segunda, até o início da tarde de ontem, de acordo com os dados do Vacinômetro, ferramenta digital desenvolvida pelo governo paulista em parceria com a Prodesp (Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo). A maioria segue na contagem regressiva para se imunizar. E quando esse dia chega, é só comemoração...
Mas infelizmente, por receio, medo das reações, desinformação ou até mesmo por falta de tempo, como relatam, muitas outras têm deixado de se vacinar ou de tomar o reforço, na data prevista. São muitos os faltantes. 
Pensando nisso e ainda nas pessoas que não podem comparecer aos postos durante expediente habitual, das 7h30 às 16h30, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) de Prudente tem realizado plantões noturnos, com atendimento até as 21h30, para agilizar a vacinação na cidade. O próximo ocorre nesta quarta-feira, em sete unidades de saúde - nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da Cohab, Ana Jacinta, Vila Real, Guanabara e Belo Horizonte e nas ESFs (Estratégias de Saúde da Família) do Alvorada e Humberto Salvador -, destinado a pessoas de 40 a 42 anos.
Uma boa oportunidade para se proteger, sem precisar, para isso, ter que mudar sua rotina. A Covid-19 continua fazendo vítimas. Só na cidade, já são mais de 30 mil confirmações e mais de 770 óbitos. Não desperdice essa chance. Não fique escolhendo essa ou aquela vacina. Tome a primeira dose, volte para tomar a segunda, quando preciso. Todas são seguras, eficazes e salvam vidas. 
 

Veja também