Não quer cargo

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 26/11/2020
Horário 03:55

Em conversa com o diretor de O Imparcial, jornalista Sinomar Calmona, a professora Joana D´Arc, eleita vereadora pelo PSB, disse não querer nenhum cargo no governo e que não passa de boato que será secretária municipal de Educação.

Quer a presidência

Joana D´Arc disse ainda que se fosse convidada recusaria. Afirma que vai cumprir o mandato de vereadora, para o qual foi eleita. Anuncia que a sua intenção é ser candidata à presidência da Câmara Municipal.

Audiência hoje

Hoje acontece a audiência pública para discussão do projeto da Lei Orçamentária referente ao exercício de 2021. Está programada para às 14h, com transmissão pela TV Câmara de Presidente Prudente, no seu canal no YouTube.

Trabalho eficiente

Aliás, falando em Câmara, o Plantão cita a boa atuação dos vereadores da 17ª Legislatura no aspecto da visibilidade. Assim, reafirma a admiração e o respeito ao trabalho do jornalista Maycon Morano, diretor de Comunicação Institucional.

Mais expressivos

O Plantão tem feito um passeio pelo circuito dos partidos que obtiveram nas recentes eleições os mais expressivos capitais políticos. Um deles foi o PSB, liderado pelo deputado estadual e prefeito eleito Ed Thomas.

Valor do trabalho

Para o presidente do Diretório Municipal do PSB, Cleiton Barbalho, os resultados das eleições mostraram a importância do trabalho que vinha sendo feito pelo deputado Ed Thomas e pelos vereadores do partido: Adão Batista, Anderson Silva e Dermerson Dias.

Caminho certo

Outra observação feita por Cleiton é de que os resultados também mostraram que o PSB tem seguido o caminho certo no que se refere ao trabalho político em prol de Presidente Prudente e também com relação à região.

Nível satisfatório

No entendimento do presidente do diretório, o resultado para vereador foi satisfatório, com a manutenção de três cadeiras na Câmara Municipal, com a reeleição do Demerson e as eleições da Ivan Itamar e da professora Joana D´Arc.

Alta intensidade

Cleiton classifica o resultado da eleição para prefeito como extremamente produtivo, pela votação recebida (37.304); mais que o dobro do segundo colocado, Fábio Sato (17.214), num universo de 12 candidatos e com alto nível de abstenção (57.756).

Fato histórico

A eleição de Ed Thomas (PSB) como prefeito teve um fato histórico: o de ter sido o mais votado em 431 das 432 urnas. Só não foi o mais votado em uma urna na Escola Municipal Odette Duarte da Costa, no Jardim Morada do Sol, na qual obteve 63 votos ante 74 de Sato.

Jeito de governar

Para o presidente do PSB, a expressiva votação do Ed demonstrou, junto com o seu vice Izaque Silva (Patriota), a vontade das pessoas por uma administração nova, com jeito novo de governar, com pessoas técnicas e competentes.

Pela excelência

Conforme Cleiton, Prudente terá uma administração mais dinâmica e diz que isso ficou demonstrado no plano de governo. Para ele, agora é hora de arregaçar as mangas e com Deus no controle fazer um governo de excelência.

Veja também