Nhá Barbina

DignaIdade

COLUNA - DignaIdade

Data 26/01/2021
Horário 06:00

A comediante Conceição Joana da Fonseca nasceu em 1915 em Jaboticabal no interior de São Paulo, mas ficou conhecida nacionalmente como Nhá Barbina, personagem que criou para enquetes cômicos no rádio e no circo. Nhá Barbina foi um personagem icônico para a comédia caipira sempre interpretando uma desajeitada roceira que não tinha nada de boba e era considerada a “Mãe Sertaneja”. Fez dez filmes, gravou vários discos (O mais famoso foi “Eu Prego Fogo”, com a participação de Jacinto, o Donzelo), e trabalhou em novelas como “Meus Filhos, Minha Vida” no SBT em 1985. Sua participação mais lembrada ficará sempre registrada no humorístico “A Praça é Nossa” nos anos 80 e 90, onde continuava fazendo graça como a solteirona desesperada por marido cujo bordão era dito após uma grande gargalhada: “Arranquei pena”. Nhá Barbina faleceu em 1995 aos 79 anos de idade. 

“Gastroparesia”

O termo gastroparesia se refere a uma disfunção da musculatura digestiva que compromete a movimentação do estômago e determina a lentificação da digestão determinando sintomas, sem que haja qualquer causa de obstrução do tubo digestivo. O envelhecimento por si só provoca alterações neurológicas e musculares que provocam um retardo da digestão e do esvaziamento gástrico (o tempo de ½ esvaziamento gástrico se refere à duração da digestão de 50% de uma refeição habitual, que em um jovem é em torno de 30-40min. No idoso, este mesmo tempo, pode durar cerca de 1hora e 30min). Na gastroparesia, este tempo é ainda mais prolongado e determina sintomas digestivos, que não ocorrem obrigatoriamente nos idosos: náuseas, vômitos, e principalmente, saciedade precoce mesmo com a ingestão de pouco alimento. Os sintomas também podem incluir dolorimento abdominal e distensão local com sensação de inchaço. Como todos estes sintomas são comuns a diversas outras patologias digestivas (como gastrites, úlceras e obstruções dos tubos digestivos por tumores), é importante que haja a realização de exames digestivos, como endoscopia, para excluir estas outras causas, uma vez que na gastroparesia, tais exames podem vir normais. Além do quadro clínico sugestivo e eliminação de outras causas, a confirmação da gastroparesia pode ser definida por exames específicos (como cintilografias de esvaziamento gástrico). Cerca de 50% das vezes, a gastroparesia é considerada idiopática, ou seja, sem um fator causal definido. O principal determinante de gastroparesia é diabetes mellitus que pode provocar modificações do sistema nervoso da musculatura digestiva (principalmente em diabéticos não-controlados, com glicemias persistentes acima de 200mg/dl). Outro fator determinante de gastroparesia é o uso de medicamentos que lentificam a digestão, principalmente os chamados anticolinérgicos (como os antidepressivos tricíclicos, dentre eles, a amitriptlina) e também alguns tipos de medicamentos usados para o próprio diabetes. Doenças neurológicas como a doença de Parkinson também podem reduzir a velocidade da digestão e determinar gastroparesia. Modificações alimentares (quanto a volume e intervalos de refeições) e medicamentos específicos que controlem náuseas e melhorem as ondas de contração digestiva também poderão ser utilizados na terapêutica. 

Dica da Semana

Televisão 

Elenco maduro de “Gênesis”:
A nova novela da Rede Record das 21h, “Gênesis”, inspirada nos primeiros livros bíblicos, estreou com bastante sucesso e trará em seu elenco, atores experientes como Oscar Magrini (Noé), Jayme Periard (Lameque), Flávio Galvão (Deus) e Leonardo Medeiros (Zeno). Giuseppe Oristânio deverá entrar no tópico Torre de Babel e Zé Carlos Machado e Adriana Garambone estão escalados como Abrahão e Sara. 


 

Veja também