O lorde inglês prudentino

Persio Isaac

CRÔNICA - Persio Isaac

Data 22/11/2020
Horário 08:00

Orlando chegou de Paris com cara de primeiro mundo. Aliás, ele tem o perfil de primeiro mundo. Vestido com muita elegância, parecendo um lorde inglês. Parecendo não, ele é um lorde inglês prudentino. Quando foi presidente do Tênis Clube, mandou jogar no lixo os copos modelo "Cica" e comprou copos de cristal. O glamour tinha chegado ao clube. Um homem refinado, bem sucedido, educado, apreciador de bons vinhos e restaurantes caros. 
Seu jeito para quem não o conhece parece de um homem esnobe e arrogante. Quem o conhece acha seu jeito normal. Ele queria que o mundo fosse mais elegante. Contando a sua bela viagem para nós, Edson o "Cabaço" que não tinha intimidade com Orlando, arriscou, fazendo um convite e quem sabe pegar intimidade com o lorde.
Disse Edson o "Cabaço": Orlando tem um lugar que você vai comer um peixe que não existe no mundo.  Orlando, que conhece vários países, ficou curioso em saber qual seria esse misterioso lugar. Nós que conhecíamos o Edson, de sacanagem não demos nenhum toque para ele se mancar. Se empolgou e foi logo fazendo o convite: "Vamos lá no Restaurante do Ranulfo, que fica em Santo Expedito, vais comer  o melhor peixe do mundo”. 
Talvez fosse para Edson que só conhecia a Alta Sorocabana, mas para um cidadão do mundo como Orlando, pareceu um pouco demais. Tinha acabado de chegar da Europa e até a sua ironia tinha glamour: "Tem ladrilho no restaurante"? Aí ninguém aguentou e todos riram. Esse é o lorde. Realmente o Edson tem razão, o peixe do Ranulfo é ‘bão’ mesmo. Mas em se tratando do lorde inglês, a parada tem que ser bem diferente. 
Continuamos a conversa e Orlando estava indignado em morar numa cidade tão quente. Reclama do calor de quase 35 graus. Assim não dá. Que foi lorde? Teríamos que morar numa região de clima temperado, seríamos bem mais elegantes. Como podemos ser românticos num lugar tão quente? Ué, mas o que tem a ver o clima com o romantismo? Indagou Edson o "Cabaço". Tem tudo a ver, disse o lorde inglês prudentino. Como posso ser romântico se esse calor insuportável faz a gente suar nos testículos? Vejam vocês.
 

Veja também